As dietas sem gordura podem ter um impacto negativo na sua saúde

31 Dezembro, 2018
Veja em profundidade detalhes sobre as gorduras e como elas são fundamentais na nossa nutrição. Sua ausência na dieta pode provocar graves problemas de saúde

Alguns tipos de gordura são os principais inimigos de qualquer plano de alimentação saudável. De fato esse nutriente está associado ao sobrepeso e à obesidade, e por isso existem várias dietas sem gordura por aí.

Nesse contexto, costuma-se pensar que toda gordura é prejudicial para a saúde. Eliminá-las é uma ideia popular entre as pessoas que querem emagrecer ou que simplesmente querem levar um estilo de vida mais saudável.

Acontece que, na verdade, as dietas sem gordura não são tão benéficas quanto podem parecer.

Esse nutriente ganhou uma má fama com o passar do tempo, e isso fez com que muitas pessoas excluíssem totalmente a gordura do dia a dia. Mas esse tipo de alimentação pode trazer impactos negativos para a saúde.

Siga lendo e descubra quão prejudicial pode ser aderir a uma das dietas sem gordura. Também te explicaremos a importância de incluir alguns tipos de gordura no seu cardápio diário.

A importância das gorduras

As gorduras viraram a grande inimiga da alimentação de muitas pessoas. É só ver como cada vez mais produtos lançam as versões light ou sem gordura, e esses produtos são extremamente populares.

É importante destacar, no entanto, que essas denominações não são sinônimo de comida saudável, já que a única coisa que sabemos sobre ele a partir desse rótulo é que ele tem menos gordura que sua versão original. O quão saudável é a sua versão original e o que adicionaram para manter o sabor não vem escrito na embalagem.

Um abacate aberto e uma posta de peixe

Temos que ser conscientes de que nosso corpo precisa de todos os nutrientes para funcionar corretamente. Não há nutrientes inteiramente bons ou ruins, pois na verdade todos são necessários e por isso não é adequado excluir nenhum deles da nossa dieta.

E quando falamos do caso das gorduras, elas são as principais fornecedoras de energia para o organismo. Se aderimos a qualquer uma das dietas sem gordura, acabaremos nos sentindo mais cansados e com falta de energia.

Além disso, sem comer gordura é impossível para o nosso corpo assimilar as vitaminas, já que esse nutriente tem um papel importante no processo de assimilação.

Impactos das dietas sem gordura na saúde

Agora que já ficou bem claro que as gorduras são um nutriente fundamental e que elas devem estar presentes em todas as dietas, vamos explicar a seguir o que acontece se você deixa de consumi-las.

Você vai ficar muito surpreso com o grande impacto que esse ato tem sobre a saúde: a carência desse nutriente pode gerar problemas graves.

Déficit de vitaminas

Muitas pessoas desconhecem o papel que as gorduras têm no processo de absorção de vitaminas. Elas são fundamentais! Mais especificamente, as vitaminas pertencentes aos grupos A, D, E e K só são absorvidas graças à gordura.

Se a eliminamos da nossa alimentação, ocorrerá um problema de absorção e aparecerão como consequências vários déficits de vitaminas.

Problemas de pele

As vitaminas do grupo E e K são as encarregadas de manter a pele em bom estado, prevenir o envelhecimento e a secura. A ausência dessas vitaminas fará com que a pele tenha um aspecto envelhecido e rígido.

Dedos com a pele descamando

Alterações hormonais

A gordura também é muito importante para a regulação hormonal. Se o corpo apresenta um déficit desse nutriente é bem provável que os hormônios sejam alterados e o organismo fique desequilibrado. Um sintoma muito comum nas mulheres é uma instabilidade ou ausência do ciclo menstrual.

Nem todas as gorduras são iguais

Que as gorduras são um nutriente essencial e necessário para o bom funcionamento do organismo você já entendeu. Mas isso não quer dizer que você pode começar a comer todos os alimentos cheios de gordura que você quiser a qualquer hora do dia.

Você deve ter em mente que nem todas as gorduras são iguais, e que enquanto algumas são muito saudáveis outras devem sim ser evitadas no contexto da alimentação saudável.

De uma forma muito simples, podemos dizer que as gorduras podem ser classificadas seguindo estes critérios:

  • Gorduras boas. Dentro das gorduras boas encontramos as poliisaturadas e as monoinsaturadas. Estamos falando das oleaginosas como as castanhas, do azeite de oliva, da manteiga, do abacate ou dos peixes. Todos fazem parte desse grupo.
  • Gorduras ruins. São as também chamadas gorduras saturadas ou gorduras trans. Os alimentos que contêm esse tipo de gordura são o fast food, os lanches e salgadinhos e a comida congelada. A maioria desses alimentos são elaborados também com uma grande quantidade de óleo de palma.
Hamburguer com batata frita

A gordura é fundamental para o correto funcionamento do organismo, e é muito prejudicial eliminá-la da dieta. Tal como analisamos no presente artigo, o impacto para a saúde seria muito negativo.

Isso não quer dizer, lembremos, que podemos ingerir uma grande quantidade de gordura de qualquer tipo, mas sim que temos que medir muito bem a quantidade adequada e deixar de lado as que são consideradas como gorduras ruins.