Tipos de arroz para sua dieta

Além de ser muito popular no Brasil, trata-se de um alimento com uma grande variedade de tipos e quantidade de nutrientes. Existem diferentes tipos de arroz para cada necessidade, e você pode consumir esse alimento em sua dieta
Tipos de arroz para sua dieta

Última atualização: 22 outubro, 2018

O arroz é um dos ingredientes mais versáteis e utilizados na cozinha do mundo inteiro. Por sua versatilidade, serve para qualquer refeição, seja no café da manha, aperitivos, pratos principais e até na sobremesa. Vamos conhecer alguns dos tipos de arroz para sua dieta.

Versátil e prático

Em uma dieta, é importante combinar a maior quantidade de alimentos. Mas o arroz é um dos que podem ser consumidos sem grandes restrições. O segredo está em prepará-lo da forma adequada, complementando com vegetais e carnes.

Além de sua utilização em risotos e outros pratos, trata-se de um cereal muito versátil. Fora da cozinha, o arroz também é utilizado em produtos de beleza e de cuidados com a pele.

Apenas valores positivos

A lista de benefícios que tem o consumo dos vários tipos de arroz é enorme. Esse cereal é rico em fibras, magnésio, vitamina B e triptofano, que é muito benéfico para a saúde.

Esse alimento também é muito eficaz para dar energia ao corpo, graças ao alto teor de carboidratos. Tem, também, um bom número de proteínas, além de ter pouca gorduras e, assim, ajudar a manter os bons níveis de colesterol.

Outro dado: o arroz não têm glúten em seu estado natural. Mas as pessoas com intolerância a esse elemento devem consumi-lo com cuidado. Muitas vezes, ao ser refinado, o arroz pode ser “contaminado” com substâncias que tenham glúten.

Tipos de arroz

A variedade deste grão está marcada, principalmente, por dois elementos. Por um lado, sua origem geográfica. Por outro, pelo nível de refinamento ao qual o arroz foi submetido.

Arroz agulha

É um dos tipos de arroz para sua dieta mais comuns no mundo inteiro. Reconhecido por absorver o sabor dos caldos com os quais é preparado. Esse tipo é o preferido de muitos especialistas na hora de preparar paellas ou risotos.  Seu tempo de cozimento, em média, até alcançar uma consistência suave e solta, é de somente 17 minutos.

Algumas das receitas que podem ser feitas com esse grão são os risotos de frutos do mar, paella valenciana, paella mista, arroz com frango e verduras, e até o arroz com leite, nas sobremesas.

Arroz preto

Conhecido também como arroz imperial. De origem chinesa, outra denominação que tornou-se popular no mundo inteiro foi o “arroz proibido”. O motivo é que na antiguidade, era destinado somente às classes nobres do país asiático, sendo totalmente proibido para o restante da população.

É rico em antioxidantes, fibras naturais e ferro. Contribui para o tratamento eficaz em casos de anemia, previne doenças cardíacas e controla os níveis de colesterol.

Além disso, contribui para diminuir a ansiedade, ao mesmo tempo que oferece uma sensação de saciedade prolongada. Há quem atribua a esse tipo de arroz propriedades afrodisíacas.

Arroz integral

É um dos tipos de arroz mais bem recomendados na opinião pública. Principalmente quando se fala de alimentação balanceada, benefícios para a saúde e indicações vitamínicas e proteicas.

Uma tigela de arroz integral

Ele conta com uma maior quantidade de fibras naturais, que ajudam a digerir as gorduras corretamente. Da mesma forma, esse arroz previne o aumento descontrolado do colesterol e triglicerídeos.

Mesmo tendo como ponto negativo seu tempo de cozimento, com paciência é possível fazer uma boa quantidade de receitas com esse ingrediente integral, nutritivo e saboroso.

Arroz parabolizado

Esse tipo de arroz ganha seu característico tom amarelado depois de passar por um tratamento de vapor com água. Destaca-se por soltar-se facilmente e nunca passar do ponto de cozimento.

Homem muito forte comendo arroz

Arroz japonês

De origem nipônica e aspecto redondo, é muito parecido com o arroz agulha. Tem seu nome por sua especial característica de inchar durante o processo de cozimento. Também destaca-se por ter um aspecto solto e elegante.

Pode interessar a você...
Diferenças entre a dieta cetogênica e a dieta hiperproteica
Fit People
Leia em Fit People
Diferenças entre a dieta cetogênica e a dieta hiperproteica

Pode parecer que a dieta cetogênica e a dieta hiperproteica sejam a mesma coisa, mas isso não poderia estar mais longe da realidade.


Os conteúdos desta publicação foram escritos apenas para fins informativos. Em nenhum momento podem servir para facilitar ou substituir diagnósticos, tratamentos ou recomendações de um profissional. Consulte o seu especialista de confiança em caso de dúvida e peça a sua aprovação antes de iniciar qualquer procedimento.