Conheça os melhores jogadores no saibro

26 Janeiro, 2019
A superfície no tênis é muito importante, e apesar de um grande jogador sempre ser capaz de se adaptar ao terreno por causa de suas qualidades, existem certos tenistas que estão fazendo história neste tipo de superfície.

Jogar no saibro não é fácil, mas sempre existiram jogadores que dominaram essa superfície de poeira de tijolos com maestria e punho de ferro. Em seguida, analisamos os melhores jogadores no saibro.

Os melhores jogadores no saibro

Nadal, o rei do saibro

Em primeiro lugar, temos que nomear o espanhol Rafael Nadal. Na nossa análise dos melhores jogadores no saibro, podemos dizer que é o melhor tenista do século 21 graças aos seus 53 títulos nesta superfície. Além disso, 10 deles foram Grand Slam, com os quais conseguiu superar Guillermo Vilas.

Apesar dos longos sete meses que o espanhol ficou lesionado na última temporada, e que fizeram Nadal considerar sua aposentadoria, ele quer continuar pontuando.

Tenista no saibro

O domínio de Guillermo Vilas

Guillermo Vilas é, sem dúvida, o melhor tenista argentino de todos os tempos. Isso é demonstrado por seus 49 títulos no saibro, um recorde que foi superado há pouco tempo pelo já citado Rafael Nadal.

Além de todos os seus títulos conquistados, ele é o criador do ‘Grand Willy’, um golpe que consiste em devolver a bola por debaixo das pernas.

Tenista em um jogo no saibro

A versatilidade de Bjorn Borg

Se falamos de terra batida, não podemos esquecer Bjorn Borg, um ex-tenista sueco que brilhou como poucos na história do esporte durante seu tempo como jogador entre 1973 e 1981.

Nesses anos, ele alcançou títulos tão importantes quanto cinco Wimbledons, seis Roland Garros e dois Masters, antes de se aposentar aos 26 anos de idade.

Bjorn Borg, declarou em várias ocasiões sua admiração pelo maiorquino Rafael Nadal: “Nadal é o melhor jogador que já existiu no saibro.”

A constância de Thomas Muster

Outro grande jogador no saibro foi Thomas Muster, o melhor tenista austríaco de todos os tempos. Em seu tempo, ele era conhecido como “O Rei da Terra”, graças ao qual Muster ganhou 44 títulos, 40 deles nesta superfície.

Tenista beijando a taça

Em fevereiro de 1996 conseguiu ser o número um do ranking ATP durante seis semanas seguidas. Além disso, ele acumulou 40 jogos invicto consecutivamente, o que o levou a ficar em terceiro lugar no ranking, depois de Rafael Nadal e Guillermo Vilas.

O espinho cravado de Manuel Orantes

Um tenista que não teve a mesma sorte foi Manolo Orantes, que pisou pela primeira vez em uma quadra de tênis aos sete anos de idade, e foi o vencedor de 33 torneios em sua carreira.

Ele era conhecido por seu jogo de backhand e seu drive devastador e, apesar de ter vencido todos os tipos de torneios no saibro, Roland Garros resistiu a ele. Sobre este assunto, ele fez declarações como:

“É o meu espinho cravado, depois de vencer todos os torneios de terra batida, só este escapou de mim.”
– Manolo Orantes –

Atualmente, Orantes admira bastante Rafa Nadal, especialmente quando ele joga no saibro. Para ele, ele é o melhor jogador nessa superfície junto com Borg:

“Bjorn Borg sempre me levou ao limite, era o Nadal da época”.
– Manolo Orantes –

Outras grandes figuras da terra batida

Estes são os jogadores que mais títulos têm nesta superfície, mas é impossível falar desta área sem mencionar outros nomes como Mats Wilander, que se consagrou campeão do Roland Garros três vezes e perdeu duas finais, ou Guillermo Coria.

Coria é um ex-tenista profissional argentino que foi apelidado de “El Mago”. Foi Top Ten por três temporadas consecutivas em 2003, 2004 e 2005, onde alcançou a posição número três no ranking em 2004 e 2005. Essa superfície de terra batida é a que mais se adapta ao seu estilo de jogo.

A partir de 2006, ele teve uma queda acentuada em sua performance no tênis, da qual nunca se recuperou. Finalmente, ele anunciou sua aposentadoria em abril de 2009 com apenas 27 anos e três meses.

O espanhol David Ferrer, que ganhou 13 títulos na superfície (cinco no ATP World Tour 500 e os oito restantes no ATP World Tour 250).

Novak Djokovic, vencedor de 14 títulos no saibro, incluindo um Grand Slam (Roland Garros 2016).

O melhor jogador de todos os tempos, Roger Federer, que ganhou 11 títulos na terra batida, entre os quais destaca um Grand Slam (Roland Garros 2011).

A nova promessa

Finalmente, o jovem tenista Dominic Thiem, que pode ser o sucessor de Rafael Nadal no saibro.

Um fato importante do austríaco é que, desde a sua apresentação triunfante no circuito em 2015, ninguém ganhou mais torneios do que ele na terra batida (Nice, Umag e Gstaad 2015, Buenos Aires e Nice 2016 e Rio de Janeiro 2017).

Dominic Thiem não parece querer parar de crescer em seu tênis e subir em sua carreira. Sua temporada na terra batida em 2017 foi ótima, embora freada em parte pelo ainda forte Nadal e Djokovic. Tudo aponta para o fato de que ele pode se estabelecer entre os melhores jogadores de saibro do tênis.