Quais esportes podem ser praticados com uma prancha?

23 Dezembro, 2019
Os esportes com prancha precisam desse elemento para que possam ser praticados, mas eles têm diferenças em termos de superfícies e regulamentos.
 

Assim como o próprio nome indica, os esportes com prancha são aqueles que precisam desse elemento para que possam ser praticados. Neste artigo, vamos analisá-los para que você possa conhecê-los em detalhes.

Quais são os esportes com prancha?

O primeiro dos esportes com prancha foi o surfe, já que a sua prática remonta a mais de cinco séculos. Com o passar do tempo, outros foram surgindo, em diversos cenários. Entre eles, podemos destacar:

1. Snowboard

O próprio nome já nos indica do que se trata. Para praticá-lo, precisamos de neve e de uma prancha. Esse esporte radical de inverno consiste em deslizar pela encosta de uma montanha usando uma prancha especial.

Homem praticando snowboard

O snowboard começou a ser praticado no início do século passado nos Estados Unidos, como uma ‘versão’ do esqui. A primeira competição foi realizada apenas nos anos setenta. Atualmente, existem várias modalidades: livre, fora de pista, slalom paralelo, corrida e travessia.

2. Windsurf

Neste caso, é necessário ter uma prancha, uma vela e… Vento! O windsurf é praticado na água – principalmente no mar – e depende da experiência do veleiro para mudar a direção e a posição da prancha.

 
Homem fazendo kitesurf

No windsurf, temos seis variações de competição: wave (ondas), estilo livre, slalom, regata, indoor e superX. O último é o mais moderno e emocionante de assistir ou praticar.

3. Longboard

Outro dos esportes com prancha, neste caso sobre rodas, praticado em terrenos com descidas, tais como ruas ou rodovias. O longboard surgiu nos anos sessenta e é muito popular nas grandes cidades. A prancha tem até dois metros de comprimento e 30 centímetros de largura.

Andando de skate

Podemos encontrar várias modalidades para praticar: carving-freeride, downhill, cruising, estilo livre, slalom, pool, dancing e free ride. Sem dúvida, existem diferentes manobras ou truques que tornam o longboard extremamente divertido.

4. Sandboard

Para praticar esse esporte, assim como o próprio nome indica, precisamos de areia – mais precisamente, de dunas. As pranchas são semelhantes ao snowboard e, sem dúvida, é uma modalidade fascinante, embora perigosa.

 

Esportes com prancha em dunas

O sandboard começou a ser praticado no Brasil e na Europa, como uma alternativa ao esqui fora do inverno. Atualmente, os melhores lugares para praticar esse esporte estão principalmente na América do Sul.

5. Surfe

Como dissemos anteriormente, o surfe é o primeiro dos esportes com prancha de que há conhecimento. Pelo menos cinco séculos atrás, ele já era praticado nas ilhas da Polinésia.

Quando James Cook chegou ao Havaí, em 1778, encontrou os nativos em cima de pranchas, enfrentando as ondas por diversão. Também há vestígios de surfistas no norte do Peru.

Esportes com prancha: surfe

O esporte como ele é conhecido hoje foi desenvolvido na Califórnia nos anos 50 e 60. Podemos encontrar três tipos de surfe, de acordo com o comprimento da prancha: curta (até 2,10 metros), intermediária (até 2,75 metros) e longa (superior a 2,75 metros).

 

6. Kitesurf

É uma variação do anterior e consiste em subir em uma prancha de surfe, segurar algumas cordas e se deixar levar por uma pipa de tração (kite em inglês, daí o nome do esporte). O kitesurfista – que fica preso por um cinto – deve ter muito equilíbrio para evitar quedas.

Esportes com prancha

Existem diferentes tipos de pipa para a prática desse esporte: delta (para iniciantes), bow (planas), tipo C (semicircular), híbridas (mistura dos itens acima) e foil (como se fosse um parapente).

7. Skateboarding

Conhecido por todos como skate, é um esporte que consiste em deslizar com um skate e fazer vários truques e manobras, como piruetas no ar. O skate é uma prancha de madeira dobrada nas extremidades e com quatro rodas.

O estado da Califórnia novamente aparece nesta lista, pois foi o local onde o skateboarding foi inventado. Era a década de sessenta, e os esportes radicais estavam na moda. Uma opção para quem não queria surfar era andar de skate nas descidas das ruas de São Francisco!

Finalmente, não podemos deixar de fora outros dois esportes com prancha: o mountainboarding (descer uma montanha ou morro com uma prancha com rodas) e o wakeboarding (esqui aquático com uma prancha, deslizando graças a um barco de arrasto). Todos eles são muito emocionantes!

 
  • Fontrodona, M. 2018. ¿Cuáles son las diferencias entre skate, cruiser y longboard? Red Bull. https://www.redbull.com/es-es/diferencias-tabla-skate-cruiser-longboard
  • ¿Cuáles son las diferencias entre skate, cruiser y longboard? 2019. Diario El Litoral.  https://www.ellitoral.com/index.php/id_um/207248-viento-agua-y-riesgo-el-kitesurf-no-puede-coexistir-con-los-banistas-reunion-en-el-concejo-para-regular-un-deporte-extremo-que-suma-adeptos-area-metropolitana.html
  • Sandboard, conjugando turismo y deporte en las dunas del Huancar. 2019. El Tribuno. https://www.eltribuno.com/jujuy/nota/2019-9-1-0-0-0-sandboard-conjugando-turismo-y-deporte-en-las-dunas-del-huancar