Quais são os símbolos olímpicos?

Ao pensar nos símbolos olímpicos, os cinco anéis entrelaçados automaticamente vêm à nossa mente. Mas eles não são os únicos! Há outros que ainda são usados atualmente.
Quais são os símbolos olímpicos?

Última atualização: 11 Maio, 2021

Todo mundo conhece os anéis coloridos que aparecem a cada quatro anos em uma cidade diferente. No entanto, esses não são os únicos símbolos olímpicos. Vamos falar quais são os outros no artigo a seguir.

O que são os símbolos olímpicos e quais são eles?

Os símbolos olímpicos são os ícones usados ​​pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) durante a celebração dos Jogos ou nas olimpíadas (período de quatro anos entre o final de uma edição e o começo de outra). São os seguintes:

1. Lema

O lema olímpico é composto de palavras em latim: “Citius, Altius, Fortius”, que significa “mais rápido, mais alto, mais forte”. Foi proposto pelo Barão Pierre de Coubertin em 1894, após a criação do Comitê Olímpico Internacional.

Segundo o ‘criador dos Jogos Olímpicos modernos’, essas palavras representam a moralidade das competições e não são um lema para vencer, mas sim para participar.

2. Anéis

Sem dúvida, eles são os símbolos olímpicos mais conhecidos e geraram certas controvérsias ou preconceitos. Para começar, eles são cinco anéis entrelaçados nas cores azul, amarelo, preto, verde e vermelho em um fundo branco.

Coubertin foi o criador deste emblema. Primeiramente, dizia-se que cada anel representava um continente, mas o Barão indicou que, na verdade, o significado é que pelo menos uma das tonalidades (incluindo o branco) está presente nas bandeiras de todos os países do mundo. Eles foram usados ​​pela primeira vez nas Olimpíadas de 1920 na Antuérpia.

os símbolos olímpicos

Os anéis podem ou não ser acompanhados pela bandeira, ou seja, pela tela branca que confirma a teoria das cores de cada bandeira nacional.

3. Chama e tocha

A tradição de transportar a chama olímpica na forma de ‘revezamentos’ da Grécia até a sede olímpica de cada edição começou durante os Jogos Olímpicos de Berlim 1936. Poucos meses antes da competição, a tocha é acesa com os raios do sol concentrados em um refletor localizado na cidade grega de Olympia.

Esta tocha é passada de país em país e de continente em continente, levada por atletas, líderes e celebridades. No dia da abertura dos Jogos, a tocha chega ao país organizador e é usada para acender a pira olímpica, dando início às competições.

os símbolos olímpicos

4. Medalhas e diplomas

Os símbolos olímpicos que todos os atletas disputam a cada edição. As medalhas podem ser de três materiais: ouro, prata e bronze; elas são entregues aos atletas que obtêm o primeiro, o segundo e o terceiro lugares, respectivamente. Cada edição tem um design especial, decidido pelo país organizador.

No caso dos diplomas, eles são concedidos aos competidores classificados em quarto, quinto, sexto, sétimo e oitavo, desde 1981.

5. Hinos

O hino olímpico é cantado quando a bandeira olímpica é hasteada. Foi composto por Spyridon Samaras usando palavras de um poema escrito pelo grego Kostis Palamas.

Foi interpretado pela primeira vez na edição de Atenas 1896, mas foi declarado oficial pelo COI apenas em 1958. Posteriormente, cada país organizador ficou encarregado por compor a sua própria versão do hino olímpico.

6. Coroa de oliveira

Talvez seja um dos símbolos olímpicos mais vistos, mas não é tão levado em consideração. Apesar disso, ele tem muita história. O ramo de oliveira era entregue aos atletas que venciam as provas nos Jogos Olímpicos na Antiguidade, pois na época não havia medalhas.

Para fazer a coroa, eram usadas as folhas de uma oliveira sagrada, localizada perto do templo de Zeus, na cidade de Olympia. Exibir o prêmio na cabeça era o máximo orgulho para um atleta. Esta tradição foi recuperada em Atenas 2004.

7. Mascote

Eles também são considerados símbolos olímpicos e apareceram pela primeira vez nos Jogos Olímpicos de Inverno em Grenoble, França, em 1968. O mascote geralmente é um animal nativo da área ou país organizador, embora também já foram usadas figuras humanas representando o patrimônio cultural.

Nas edições recentes, o mascote se tornou um símbolo do marketing dos Jogos, mas não tanto quanto as bandeiras e os anéis.

os símbolos olímpicos

8. Saudação

O último símbolo olímpico não é mais usado por causa da sua semelhança com a saudação nazista usada por Hitler. A última vez que a saudação olímpica foi feita foi na abertura dos Jogos de Inverno de 1948. Era uma variação da saudação romana, com o braço direito estendido e a mão apontando para cima com a palma para baixo.

Com exceção deste último, os outros símbolos olímpicos ainda estão presentes em cada edição dos Jogos. Você já os conhecia antes de ler sobre eles? 

Pode interessar a você...
Novos esportes olímpicos em Tóquio 2020 e Paris 2024
Fit PeopleLeia em Fit People
Novos esportes olímpicos em Tóquio 2020 e Paris 2024

Dado o próprio progresso da sociedade, os Jogos Olímpicos devem ser modernizados. Por esta razão, decidiu-se acrescentar novos esportes olímpicos.