Mudanças recentes e futuras nas regras do tênis

03 Julho, 2020
Jogos mais curtos, menos interrupções e a incorporação de novas tecnologias são medidas que estão sendo discutidas para serem implementadas no tênis profissional. Vamos apresentar quais podem, em breve, ser as novas regras do tênis.
 

Desde 2018, as entidades que regulam o tênis no mundo todo ordenaram a implementação de algumas modificações no regulamento desse esporte. Essas mudanças nas regras do tênis são questionadas por alguns jogadores e fãs, mas elas têm um objetivo.

A ideia é promover um desenvolvimento ágil das partidas e reduzir as interrupções. Saiba quais são as regras do tênis que passaram por mudanças e as que ainda mudarão em um curto prazo.

As novas regras foram acordadas entre a Federação Internacional de Tênis – ITF na sua sigla em Inglês –, a Associação dos Tenistas Profissionais – ATP –, a Women’s Tennis Association – WTA – e os organizadores dos torneios de Grand Slam.

Porém, por que foi decidido mudar as regras de um esporte tão popular, além da introdução gradual da tecnologia que já vinha ocorrendo? O principal fundamento dos promotores dessas mudanças é adaptar o desenvolvimento dos jogos às demandas dos torcedores atuais.

Em outras palavras, pretende-se aumentar o percentual líquido de jogo e alcançar competições mais dinâmicas para não perder a atratividade para os fãs presentes e os telespectadores. Sem dúvida, marketing e as questões comerciais estão exercendo uma interferência cada vez maior no mundo dos esportes superprofissionais.

Mudanças nas regras do tênis

Além dos já conhecidos olhos de falcão e da limitação de 25 segundos entre cada saque, existem algumas mudanças que podem revolucionar o mundo do tênis profissional.

 

Algumas delas já entraram em vigor em 2018 em eventos para jovens jogadores, tais como o Next Gen Masters. A seguir, vamos nos aprofundar sobre as mais importantes:

Adeus aos juízes de linha

Graças a um sistema de câmeras instaladas para controlar as quadras, os árbitros que controlam as linhas poderiam ser dispensados. Assim, de forma semelhante ao que acontece com os gols no futebol, seria possível produzir um sinal que avisa imediatamente quando a bola quicar fora dos limites da quadra.

Mudanças recentes e futuras nas regras do tênis

Jogos mais curtos, uma das regras do tênis pensada para os fãs

Os clássicos cinco sets dos torneios de Grand Slam e da Copa Davis estão em discussão há muito tempo, mas não parece que haverá alterações a esse respeito.

Porém, seria possível mudar o número de games por set, passando de seis para quatro com um tie break em caso de um empate em três. Nesse caso, as partidas envolveriam a disputa do melhor de cinco sets sem problemas.

Além disso, as novas regras do tênis também propõem soluções como games sem deuce ou vantagem. Isso implicaria que, com a pontuação em 40 iguais, venceria o jogo quem conseguisse esse último ponto. Com o mesmo objetivo, o tempo de aquecimento antes de cada jogo foi reduzido para 5 minutos.

 

Maior dinâmica de pontos

Para que houvesse o menor número possível de interrupções durante o jogo, também poderia ser omitida a regra do letque implica a repetição de um saque quando a bola toca a rede. Caso esse ponto do regulamento for modificado, a ação continuaria desde que a bola caísse dentro da área de saque.

Menos restrições para os fãs

Apesar do devido silêncio por respeito à concentração dos jogadoresno futuro, seria permitido que os espectadores pudessem circular livremente pelo estádio sem a necessidade de esperar pela interrupção do jogo.

Para que isso possa acontecer, uma ferramenta muito útil é a iluminação. Como pôde ser visto no Next Gen de Milão 2018, se as arquibancadas estiverem menos iluminadas, essa distração seria notavelmente diminuída. Sem dúvida, isso seria algo impossível de ser aplicado em competições diurnas.

Mudanças recentes e futuras nas regras do tênis

Contato com treinadores e médicos, uma das regras do tênis mais discutidas

Embora as tenistas profissionais possam conversar com os seus treinadores durante as partidas, isso ainda não é permitido para os homens. No entanto, a suspensão dessa proibição está sendo avaliada para determinados momentos, que ainda estão em discussão.

 

Por outro lado, avalia-se a limitação do número de atendimentos médicos durante cada jogo a apenas um.

Essa mudança, assim como a limitação do descanso entre pontos com um relógio sempre visível, encontra grande resistência por parte dos jogadores. O próprio Rafael Nadal manifestou ser contra – na sua opinião, isso seria prejudicial para o jogador.

Em resumo, as novas regras já foram colocadas sobre a mesa e, em vários casos, também nas quadras. Enquanto algumas ainda estão sob observação e desenvolvimento, outras já começaram a ser implementadas. Você concorda com as novas regras do tênis?

 
  • El nuevo tenis: cuáles son los principales cambios en las reglas de juego que plantea la ATP. 17 de mayo de 2017. La Nación. https://www.lanacion.com.ar/deportes/tenis/cuales-son-los-cambios-reglamentarios-para-el-tenis-y-cuando-se-pondran-a-prueba-nid2024535
  • El tenis enfrenta un nuevo reto: cambio de reglas. 13 de mayo de 2018. El Universal. https://www.eluniversal.com.mx/columna/luis-tigre-baraldi/universal-deportes/mas-deportes/el-tenis-enfrenta-un-nuevo-reto-cambio-de
  • Rodríguez, R. 23 de noviembre de 2017. Así serán las nuevas normas del tenis para 2018 (y alguna no va a gustar a Rafa Nadal). El Confidencial. https://www.elconfidencial.com/deportes/tenis/2017-11-23/nuevas-normas-tenis-2018-tiempo-saque-cronometro_1482361/