As posturas de Yoga mais arriscadas para iniciantes

31 Dezembro, 2019
Se você já está praticando Yoga há algum tempo e acha que já pode passar para posturas mais exigentes, as listadas aqui podem apresentar bons desafios. Porém, tente ter cuidado ao executá-las!
 

As posturas de Yoga mais arriscadas podem ser tão exigentes e perigosas quanto qualquer outra atividade física. Por isso, você deve ter cuidado com as posturas que vamos compartilhar neste artigo.

A palavra Yoga vem do sânscrito e significa ‘união’. Essa é uma atividade física e mental que se originou na Índia. Ela é praticada por muitas pessoas para manter a forma, aliviar o estresse ou estimular a espiritualidade.

Embora o Yoga seja uma atividade que transmita paz e relaxamento, existe a possibilidade de lesões em muitas das posturas. No entanto, às vezes é apropriado correr o risco para obter os benefícios.

Isso não significa que você deva evitar as posturas mais arriscadas, como as que vamos listar aqui. Na verdade, isso implica prestar mais atenção a elas e ser cauteloso ao executá-las. Caso contrário, você poderá se lesionar seriamente.

As 7 posturas de Yoga mais arriscadas para iniciantes

1. Invertida sobre os ombros

A invertida sobre os ombros, ou Salamba Sarvangasana, em sânscrito, é uma postura um pouco perigosa, pois coloca o corpo em uma posição instável e desconhecida. É uma postura mais recomendada para as pessoas mais avançadas.

As posturas de yoga mais arriscadas para iniciantes
 

Imagem: yogateca.com

A posição dos ombros pode gerar muita tensão e colocar o pescoço em uma posição vulnerável se for aplicado muito peso na parte superior. Além disso, o mau alinhamento das pernas gera mais pressão e aumenta o risco de lesionar o pescoço, a cabeça e os ombros.

2. Invertida sobre a cabeça (Salamba Sirsasana)

Existem muitos benefícios em fazer a invertida sobre a cabeça, tais como o aumento do fluxo sanguíneo, o alívio da pressão lombar e a melhora da capacidade respiratória. No entanto, existem alguns perigos associados a ela que, sem dúvida, é uma das posturas de Yoga mais arriscadas.

Asana de ponta cabeça

Imagem: relajemos.com

Executar a postura Salamba Sirsasana é arriscado para as pessoas com o pescoço sensível e também para as pessoas com pouca força e domínio do corpo. Dessa forma, os iniciantes devem ser extremamente cuidadosos e se preparar muito bem para fazer essa postura.

3. Postura do triângulo torcido

Parivrtta Trikonasana em sânscrito, ou postura do triângulo torcido, é uma postura de Yoga que trabalha as costas e os tendões e ligamentos das pernas. 

Na verdade, qualquer postura que envolva uma torção implica um risco de lesão. Portanto, você deve ter cuidado ao flexionar a coluna e a cervical. Também não se esqueça de cuidar dos isquiotibiais, da região lombar e dos ombros.

 

Asanas de torção

4. Parada de mãos (Adho Mukha Vrksasana)

Existem pessoas que fazem exercícios de parada de mãos sem praticar o Yoga propriamente dito. O problema dessa postura é aprender a controlar os músculos e obter a força necessária para executá-la. Sem dúvida, a execução deve ser a mais correta possível para evitar pancadas ou quedas.

Além disso, a parada de mãos requer muitas qualidades, tais como equilíbrio, força, segurança e agilidade, uma vez que ela é uma das posturas de Yoga mais arriscadas. Portanto, se você está começando no mundo do Yoga, é melhor deixar essa posição para quando estiver em um nível mais avançado.

As posturas de yoga mais arriscadas para iniciantes

5. Postura do pombo real (Pada Raja Kapotasana)

A postura do pombo real desencadeia emoções, alonga as pernas e abre os quadris. Mas, quando essa postura não é bem feita, ela pode forçar ou lesionar os joelhos, a região lombar, os quadris e o quadríceps.

 

Por esses motivos, ela não deve ser executada de forma descuidada ou sem que o corpo tenha atingido as condições necessárias.

As posturas de yoga mais arriscadas para iniciantes

6. Postura da pinça em pé (Uttanasana)

Fazer posturas que alongam os isquiotibiais, como a postura da pinça em pé, pode levar a um alongamento excessivo. Isso resulta em um risco de lesão nos isquiotibiais e sofrer danos nesses músculos pode ter grandes consequências para o seu desempenho no Yoga.

Embora a postura da pinça pareça simples e fácil de fazer, você deve ser metódico e cuidadoso ao executá-la. Ao mesmo tempo, você não deve forçar o seu corpo além do possível, pois você poderia lesionar vários ligamentos, músculos e tendões durante a tentativa.

As posturas de yoga mais arriscadas para iniciantes

7. Postura da rã

A postura da rã, ilustrada na capa deste artigo, é ideal para quem deseja ganhar flexibilidade e relaxar ao mesmo tempo. No entanto, essa postura causa tensão na virilha e na articulação sacroilíaca se não for feita corretamente.

 

Também cabe destacar que os joelhos e os tornozelos são partes do corpo que devem ser protegidas de uma entorse ou posição que possa prejudicá-las. Então, lembre-se de manter tudo isso em mente ao tentar executar esta postura.

Em suma, o Yoga é uma atividade que pode melhorar muitos aspectos da sua vida se ele for aplicado corretamente. Por esse motivo, tenha o maior cuidado possível com as posturas de Yoga mais arriscadas que você desejar executar. É muito melhor progredir lentamente, porém preservando a sua saúde e segurança.

 
  • Cramer, H., Lauche, R., Haller, H., & Dobos, G. (2013, May). A systematic review and meta-analysis of yoga for low back pain. Clinical Journal of Pain. https://doi.org/10.1097/AJP.0b013e31825e1492
  • Ropiak, C. R., & Bosco, J. A. (2012). Hamstring injuries. Bulletin of the NYU Hospital for Joint Diseases70(1), 41–48. https://doi.org/10.1177/1460408608098446
  • Ross, A., & Thomas, S. (2010). The Health Benefits of Yoga and Exercise: A Review of Comparison Studies. The Journal of Alternative and Complementary Medicine16(1), 3–12. https://doi.org/10.1089/acm.2009.0044