Devemos escolher entre maratona ou musculação?

O equilíbrio entre todas as atividades esportivas oferecidas pelo mercado nos leva a precisar decidir quais queremos praticar. Pode haver enormes diferenças funcionais e fisiológicas entre elas, embora quando feitas com mecanismos saudáveis, todas elas sejam igualmente benéficas.
Devemos escolher entre maratona ou musculação?

Última atualização: 25 Maio, 2021

O mais importante desta reflexão é que, ao fazer a atividade de lazer ou esportiva que escolhermos, vamos evitar o inimigo número um da saúde: o sedentarismo. Quando terminar de ler este artigo, você terá certeza sobre o que escolher: maratona ou musculação?

Para catalogar os tipos de atividades, é possível partir de vários aspectos, embora um dos mais representativos seja o fisiológico. Quais são as mudanças que a escolha de uma determinada modalidade esportiva causará no nosso corpo?

Algumas atividades são feitas durante períodos maiores de tempo, sendo conhecidas como predominantemente aeróbicas. Outras, entretanto, são baseadas em esforços momentâneos com ou sem carga externa, sendo predominantemente anaeróbicas. Finalmente, algumas oferecem um ponto intermediário entre esses dois tipos.

O catálogo oferecido é imenso e tudo dependerá dos nossos objetivos ou preferências pessoais. Mas o que fazer quando ficamos em dúvida entre duas atividades que têm muitas diferenças entre si? Nesse sentido, explicaremos as diferenças entre maratona e musculação.

Comparativo: maratona ou musculação

Como você pode ver, as estruturas físicas dos praticantes de cada uma dessas modalidades são completamente diferentes. Vamos verificar qual atividade se aproxima mais das suas preocupações:

Características da maratona

Trata-se de uma corrida de longa distância e que é considerada um esporte olímpico como uma modalidade do atletismo. Os corredores de maratona geralmente têm um tipo físico ectomorfo, com níveis muito baixos de gordura, o que proporciona um baixo risco de doença coronária.

Além disso, os seus corpos mostram predominância de fibras do tipo I, que são desenvolvidas para atividades de longa duração e baixa intensidade.

Em relação ao aspecto cardíaco, esses corredores possuem um aspecto magnífico. Ele é o resultado do bombeamento sanguíneo e das adaptações pulmonares típicas do exercício. O volume de ar que entra nos pulmões é bastante grande, o que proporciona benefícios para o sistema respiratório.

escolher entre maratona ou musculação

Por causa de tudo o que foi dito acima sobre a maratona, esses atletas têm uma ótima oxigenação muscular. As paredes do coração são fortes, mas, de acordo com estudos, cabe destacar que essa atividade extenuante pode causar outros problemas, tais como baixos níveis de testosterona ou envelhecimento prematuro.

Características da musculação

Ao contrário da maratona, a base dessa atividade é o aumento das fibras musculares e do seu tamanho. O treinamento é baseado em exercícios de curta duração relativa, mas de intensidade muito alta.

Os corpos adquiridos são predominantemente mesomórficos, com grande proporção muscular de fibras do tipo II, mais preparadas para atividades de força específicas, e com uma boa capacidade de melhora do aspecto muscular.

Portanto, esta é uma ótima atividade combater a ‘sarcopenia’. Estamos nos referindo à perda de massa muscular que ocorre ao longo dos anos, um problema que todas as pessoas enfrentam quando chega a hora.

O músculo é um elemento inexistente sem a sua massa óssea correspondente. Desta forma, o levantamento de cargas externas envolve uma reparação da densidade mineral dos ossos, criando assim estruturas mais sólidas.

No que diz respeito à saúde cardíaca, as séries de levantamentos e os seus correspondentes tempos de recuperação levam a uma melhora no aspecto cardiovascular. Além disso, este é um método excelente para nos libertarmos das situações estressantes do dia a dia.

escolher entre maratona ou musculação

Qual escolher: maratona ou musculação?

A menos que nos dediquemos de corpo e alma a uma modalidade esportiva, tendo assim que nos especializar em um treinamento ou outro, não devemos nos esquecer de que a vida e as suas funções cobrem um amplo espectro. Às vezes precisamos sair correndo para não perder um ônibus e, em outros momentos, precisamos levantar um móvel para mudar de casa.

Dito isto, o senso comum e a mediação nos farão alternar entre modalidades que melhorem alguns aspectos físicos ou outros; aí está o equilíbrio. Cada indivíduo deve escolher com sabedoria.

De fato, elas estão intimamente relacionadas: para melhorar as atividades de corrida, como a maratona, são necessários exercícios de força. Da mesma forma, para obter um corpo com baixos níveis de gordura, típico de um bom fisiculturista, é benéfico fazer alguma atividade aeróbica.

Ou seja, por que optar por algo específico quando podemos expandir o nosso leque de domínios? A saúde completa do ser humano não é exclusiva de um órgão ou músculo; é um ‘todo’ e não apenas a soma das partes.

Proibido ficar obcecado

Finalmente, vale a pena fazer um chamado à razão. Foi demonstrado que uma atividade esportiva praticada sem diretrizes de controle ou consumindo substâncias ilegais pode causar problemas irreparáveis, tanto físicos quanto mentais.

Não brinque com a sua saúde; utilize modalidades saudáveis ​​para aumentá-la, nunca para diminuí-la. Pense nas consequências das suas ações e use a sua cabeça. Então, depois de tudo o que foi explicado, o que você gostaria de praticar? Maratona ou musculação?

Pode interessar a você...
5 dicas para se recuperar depois de uma maratona
Fit People
Leia em Fit People
5 dicas para se recuperar depois de uma maratona

Você já sofreu extrema exaustão e dor após uma corrida longa? Com essas sugestões, você conseguirá se recuperar depois de uma maratona.