Viradas históricas no futebol europeu

Essas partidas são demonstrações reais de tudo o que o futebol pode originar. Sua imprevisibilidade atinge limites impensáveis, e é aí que dias mágicos como esses são escritos.
Viradas históricas no futebol europeu

Última atualização: 23 Abril, 2021

O futebol é um esporte emocionante e cria situações que poucos consideram viáveis, mesmo nos segundos anteriores. Hoje falaremos sobre viradas históricas, aqueles feitos que estão gravados para sempre na memória dos protagonistas e fãs, tanto para quem gosta deles quanto para quem sofreu por causa deles.

As melhores viradas históricas da Europa

Dadas as características desse esporte, muitas vezes é difícil dar uma virada no futebol. É exatamente por isso que essas situações são tão marcantes, emocionantes e inesquecíveis.

Ao contrário de outras modalidades nas quais o vencedor deve atingir vários pontos (por exemplo, tênis) ou é forçado a procurar o ataque incessantemente (como o basquete), no futebol é possível dedicar-se a defender o que foi alcançado e deixar passar o tempo até o final da partida.

A seguir, citaremos algumas das viradas históricas que todos lembram dos últimos anos da UEFA Champions League, a competição mais importante em clubes da Europa:

1. Viradas históricas: Barcelona – PSG (2017)

Esta virada ocupa o primeiro lugar nesta lista por uma distinção única: foi a única em que o perdedor da virada tinha quatro gols de vantagem.

A sucessão cronológica foi a seguinte: o Paris Saint Germain venceu por 4 a 0 na primeira partida, mas na volta em Barcelona, ​​o time local venceu por 3 a 0. Quando Edinson Cavani descontou (o placar ficou 3-1), assim tudo parecia ter acabado.

No entanto, o Barça conseguiu marcar três gols (aos 88′, 91′ e 95′) e alcançou um feito inigualável até agora. Até o placar final é impressionante: 6 a 1 para o dono da casa!

2. Liverpool – AC Milan (2005)

Provavelmente a final mais lembrada de todos os tempos nesta competição. Em Istambul, um esmagador AC Milan venceu desde o primeiro minuto do jogo com a ajuda do lendário Paolo Maldini. Hernán Crespo ampliou a diferença para três gols antes do intervalo.

A virada de 2005, em Istambul, foi uma das viradas históricas mais impressionantes da Europa.
Imagem: goal.com

Incrivelmente, o Liverpool empatou em apenas quinze minutos do segundo tempo, com gols de Gerrard, Smicer e Xabi Alonso. O resto é história: vitória nos pênaltis para os ingleses, pentacampeões da Europa, graças a essa noite gloriosa.

3. Liverpool – Barcelona (2019)

Essa é muito recente, e os fãs do barça ainda sentem a dor no coração. Com um imparável Leo Messi, os catalães venceram por 3 a 0 em casa na primeira partida. No entanto, os “demônios vermelhos” são especialistas em façanhas e não desistiram.

Apesar do 1 a 0 com o qual o Liverpool abriu o jogo, a glória ainda parecia distante. No entanto, na segunda metade, uma série de gols — dois de Georginio Wijnaldum e um de Origi após uma grave desconcentração do Barcelona. Assim, o resultado chegou ao que ninguém pensava: os ingleses avançaram para a final.

4. Ajax – Tottenham (2019): a semifinal das viradas históricas

O mais curioso desse quarto caso é que isso aconteceu apenas um dia após a virada histórica do Liverpool sobre o Barcelona. Nesse caso, o Ajax, que venceu a primeira partida por 1 a 0, definiu a outra chave da semifinal em casa.

E não é só isso: no fabuloso primeiro tempo, os holandeses “apagaram” seus oponentes em campo e colocaram 2 a 0 no intervalo. Era impensável que o Tottenham ressurgisse e marcasse os três gols de que precisava.

Tottenham e Ajax estrelaram uma semifinal com virada histórica da Liga dos Campeões.
Imagem: El País Brasil.

Então, novamente o épico do futebol: Lucas Moura apareceu três vezes — a última nos momentos finais do jogo — para desencadear a festa em Londres e confirmar a primeira final entre as equipes inglesas da Liga dos Campeões.

5. Manchester United – Bayern de Munique (1999)

Outra final, embora neste caso com menos diferença. Chama-se “O milagre de Camp Nou” porque, naquela época, o Manchester alcançou uma de suas vitórias mais lembradas.

Ele perdia de 1 a 0 para o Bayern de Munique e a partida estava terminando. No entanto, nos acréscimos, Teddy Sheringhamm e Ole Gunnar Solskjaer deixaram o elenco alemão de mãos vazias. Foi uma das primeiras recuperações históricas com o novo formato deste evento.

6. Deportivo La Coruña – AC Milan, uma surpresa entre as viradas históricas

Embora tenha acontecido nas quartas de final, essa partida foi um marco para o La Coruña. Nesse caso, ele eliminou o poderoso Milan, que defendia o título naquele ano. Além do mais: ele fez isso depois de cair por 4 a 1 no primeiro jogo na Itália.

Viradas históricas significam noites que os clubes nunca esquecerão.
Imagem: goal.com

No entanto, no segundo tempo, a equipe espanhola soube se recuperar e conseguiu um feito inigualável: venceu por 4 a 0 e chegou a igualar a série antes do intervalo. Após 76 minutos de jogo, Fran González marcou o gol que coroou a noite mais gloriosa deste time na Europa.

Por fim, para fechar essa lista interessante, poderíamos citar outro exemplo do ano de 2019, mas com “apenas” dois gols de diferença. Os protagonistas foram PSG e Manchester United. Depois de cair por 2 a 0 em casa, os ingleses conseguiram um sofrido 3 a 1 em Paris e deixaram o time da casa sem nada.

Como você verá, essas situações estão se repetindo cada vez mais frequentemente no futebol europeu. A verdade é que saber as razões pelas quais isso acontece é quase impossível. No entanto, algo é certo: as viradas históricas permanecem na memória dos fãs para sempre.

It might interest you...
UEFA Champions League: saiba tudo sobre ela
Fit PeopleLeia em Fit People
UEFA Champions League: saiba tudo sobre ela

A UEFA Champions League é uma importante competição europeia disputada desde os anos cinquenta e que determina a melhor equipe do continente.