Pernas inchadas: principais causas e tratamento

As pernas inchadas são um dos sintomas da retenção de líquidos. Essa retenção pode ser causada por maus hábitos de vida ou por uma patologia subjacente.

Última atualização: 01 Janeiro, 2020

Um problema muito comum nas pessoas em geral, sejam elas atletas ou não, é a retenção de líquidos, que causa sintomas como as pernas inchadas. Embora a retenção de líquidos em si seja uma condição frequente, ela geralmente está associada a maus hábitos alimentares ou à falta de atividade física.

Em alguns casos, podemos experimentar essa retenção nas pernas, principalmente nos joelhos e tornozelos. Neste artigo, veremos por que devemos prestar mais atenção às pernas inchadas devido à retenção de líquidos, quais são as suas causas e o possível tratamento.

Fisiologia da retenção de líquidos

Para entender as causas pelas quais um acúmulo de líquidos nas pernas pode ocorrer, precisamos entender como esse acúmulo ocorre. O coração é uma bomba que bombeia sangue para a árvore vascular continuamente, que percorre o corpo todo para oxigená-lo e fornecer os nutrientes necessários.

Quando o sangue sai do coração através das grandes artérias, essas têm uma parede espessa que lhes permite transportar o sangue sob grande pressão.

No entanto, quando o sangue passa pelos capilares e atinge o território venoso, ele encontra vasos com pouca capacidade de contração, que também precisam levar o sangue de volta ao coração contra a gravidade (exceto no cérebro).

Se houver muito líquido circulando por causa da ineficiência do coração ou do sistema venoso, o líquido ficará acumulado nas veias.

Quando há um acúmulo de líquidos em um vaso, o corpo toma parte desse líquido e o transporta para os tecidos, para que não haja sobrecarga cardiovascular. Quando isso ocorre nas pernas, elas ficam inchadas por causa dessa retenção e esse fenômeno é conhecido como edema.

Causas das pernas inchadas

Agora que entendemos como os líquidos se acumulam, podemos listar as causas pelas quais isso ocorre, principalmente nas pernas:

  • Uma falha no sistema cardiovascular pode causar retenção de líquidos, o que se tornará mais evidente nos membros inferiores porque, devido à gravidade, o líquido tende a se acumular. A insuficiência cardíaca nas câmaras direitas do coração faz com que o sangue se acumule no sistema venoso, de modo que o corpo vai expelir os líquidos em direção aos tecidos.

  • Uma insuficiência venosa – trombose – ou do sistema linfático, que coleta o líquido dos tecidos e o devolve à corrente sanguínea, também se manifestará como retenção ou edema nas pernas. As varizes são uma manifestação de má circulação nas pernas, e o líquido que se acumula vai passar para os tecidos e, assim, vamos notar as pernas inchadas.
  • Quando existem poucas proteínas no sangue, o corpo interpreta que há um excesso de líquido na circulação e expele parte dele para os tecidos. Assim, as doenças que envolvem a perda de proteínas podem causar retenção de líquidos. É o caso de algumas doenças hepáticas ou renais, tais como a síndrome nefrótica.
  • A insuficiência renal é a incapacidade do rim de filtrar adequadamente os líquidos na nossa circulação. Portanto, os líquidos vão se acumular no nosso corpo.
  • Outras causas não patológicas podem ser simplesmente causadas por maus hábitos. Por exemplo, o sedentarismo ou uma dieta muito rica em sal ou em alimentos processados vão nos causar retenção de líquidos.

Temos que levar em consideração o fato de que a maioria das causas listadas se deve a patologias e que elas são mais frequentes em idosos por causa da insuficiência de algum órgão ou sistema. Nos jovens, a retenção de líquidos geralmente é causada por maus hábitos de vida e, a princípio, é algo facilmente corrigível.

Tratamento para as pernas inchadas

O tratamento terá como objetivo fazer com que possamos eliminar líquidos corporais. Dessa forma, o líquido acumulado nos tecidos das pernas será coletado e devolvido à circulação. Vamos listar algumas maneiras através das quais podemos combater esse problema:

  • É essencial, especialmente se sofrermos de alguma doença cardiovascular, reduzir a ingestão de sal ao mínimo. O sal aumenta a pressão sanguínea e atrai a água por osmose. Portanto, ele nos fará reter líquidos.
  • Seguir uma dieta equilibrada e consumir alimentos de origem natural. Devemos evitar os alimentos processados, ricos em sal.
  • Beber muita água. Dessa maneira, vamos estimular a filtragem de líquidos através dos nossos rins.
  • Se ainda não nos livrarmos desse inchaço e os nossos rins estiverem em boas condições, podemos consultar um médico para adicionar um suplemento alimentar com propriedades diuréticas, como a cavalinha, por exemplo.

Se nada disso for eficaz porque existe uma patologia subjacente, teremos que ir além. Será necessário tomar um medicamento diurético, como a furosemida, por exemplo, sempre com o aconselhamento e o acompanhamento de um médico especialista.

Pode interessar a você...
Fit PeopleLeia em Fit People
5 maneiras fáceis de aumentar os músculos das pernas

Embora haja uma tendência a trabalhar mais os músculos superiores, os das pernas também devem ser fortalecidos. Como aumentar os músculos das pernas?



  • Causes and signs of edema – InformedHealth.org – NCBI Bookshelf [Internet]. [cited 2019 Oct 23]. Available from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK279409/
  • Gorman w. P, Davis KR, Donnelly R. Swollen lower limb—1: General assessment and deep vein thrombosis. BMJ. 2000 May 27;320(7247):1453–6.
  • Wright NB, Carty HML. The swollen leg and primary lymphoedema. Arch Dis Child. 1994;71(1):44–9.