Tratamento da enxaqueca no esporte

As enxaquecas são dores de cabeça com características latejantes ou pulsantes, que geralmente são acompanhadas de náusea e fraqueza. Neste artigo, veremos a sua relação com o esporte.
Tratamento da enxaqueca no esporte

Última atualização: 25 Maio, 2021

A enxaqueca é um tipo de dor de cabeça experimentada por uma porcentagem da população. Trata-se de uma dor pulsante e muitas vezes incapacitante, que pode impedir a prática de esportes.

Apesar do fato de que aqueles que sofrem com essas dores saberem muito bem que a única coisa que têm vontade durante esses episódios é descansar, o exercício poderia ser um grande aliado contra a enxaqueca. Além disso, veremos como tratar um episódio de enxaqueca que venha a acontecer durante a prática esportiva.

Enxaqueca: o que é

A enxaqueca é uma dor de cabeça que geralmente é acompanhada de sintomas desagradáveis, tais como náusea, fraqueza geral ou insensibilidade à luz ou ao som. Pode ser localizada em uma região específica da cabeça ou pode ser difusa, sendo sentida na cabeça inteira.

Esse tipo de dor de cabeça pode causar uma sensação de vibração ou pulsação. Além disso, em muitos casos, elas são precedidas por uma ‘fase’ anterior conhecida como aura. Essa aura é uma sensação de mal-estar ou fraqueza que avisa que vamos ter uma enxaqueca.

Uma vez que estivermos passando por um episódio de enxaqueca, a dor pode variar desde um desconforto que nos impede de nos concentrarmos até dores incapacitantes que fazem com que seja necessário fazer repouso até que ela passe.

Causas

Embora seja uma dor bem estudada, na verdade, ainda há muita controvérsia em torno dela. Um dos assuntos mais polêmicos tem a ver com as causas que desencadeiam os episódios de enxaqueca.

Muitos autores teorizaram que uma certa predisposição genética, associada a fatores ambientais e ao estresse psicológico, poderiam ser o motivo que desencadeia a enxaqueca. No entanto, todas as causas que vamos listar a seguir já foram relacionadas como gatilhos dessas dores:

Todos esses fatores podem desencadear uma enxaqueca. Algumas pessoas que sofrem dessas dores há muito tempo podem chegar a reconhecer o que desencadeia os episódios. Por exemplo, um alimento ou medicamento específico ingerido alguns minutos antes da dor começar.

tratamento da enxaqueca no esporte

Enxaqueca e esporte

A enxaqueca tem sido associada ao esporte em inúmeras ocasiões, tanto na sua causa quanto no seu tratamento. Conforme mencionamos anteriormente, o esporte pode colocar o nosso corpo em uma situação estressante que pode estar relacionada ao aparecimento de episódios de enxaqueca.

Isso pode ocorrer por causa da desidratação, da aceleração do ritmo cardíaco ou pelas alterações hormonais que ocorrem durante o exercício físico. Ainda assim, nada disso foi inteiramente comprovado.

No entanto, geralmente também é recomendado que os pacientes com enxaqueca crônica façam mais atividade física. O exercício físico libera substâncias como as endorfinas, que podem atuar como analgésicos e diminuir a intensidade da dor de cabeça. Além disso, melhorar a saúde geral pode tornar esses episódios cada vez menos intensos e frequentes.   

Tratamento

Atualmente, não há um tratamento definitivo para as enxaquecas. Elas podem desaparecer espontaneamente ou podemos continuar com elas durante vários anos. O único tratamento que possuímos atualmente é sintomático, tendo como objetivo reduzir os efeitos desagradáveis o máximo possível.

As medidas que tomamos durante o episódio são muito importantes, tais como descansar em um quarto escuro, beber bastante água ou colocar um pano úmido na testa.

tratamento da enxaqueca no esporte

Por outro lado, existem medicamentos que podem reduzir a intensidade das enxaquecas. Se os episódios forem muito intensos, o melhor a fazer é procurar um médico especialista para que ele avalie o nosso caso e prescreva a melhor terapia para suportar melhor a dor.

Tratamento da enxaqueca durante o exercício

Se começarmos a perceber os sintomas acima enquanto estivermos nos exercitando, o melhor a fazer é parar. Normalmente estaremos longe de casa, por isso é essencial não entrar em pânico – algo comum quando se trata de uma das primeiras vezes que temos uma enxaqueca – e se sentar e hidratar.

Podemos tentar comer algo que nos dê energia, como, por exemplo, um pedaço de fruta ou uma barra energética, e molhar o rosto. Seria melhor parar a atividade física até bem depois do episódio, ou até mesmo descansar o resto do dia.

Pode interessar a você...
É possível fazer exercícios com enxaqueca?
Fit PeopleLeia em Fit People
É possível fazer exercícios com enxaqueca?

Existem muitas opiniões, mitos e debates em relação a fazer ou não exercícios com enxaqueca. Neste artigo, esclareceremos todos os pontos em relação a isso.