Fazer exercício moderado te torna mais saudável em todos os aspectos

15 Janeiro, 2019
Todo mundo já sabe, por isso não é necessário repetir que praticar exercício de maneira habitual reduz problemas de saúde, mas talvez seja apropriado discutir os porquês, que é o que faremos no artigo a seguir.

Ninguém duvida que fazer exercício seja benéfico para a saúde. As autoridades de saúde não se cansam de dizer: para ter uma vida saudável, é necessário fazer uma dieta equilibrada e realizar alguma atividade física. Um exercício moderado já é o suficiente para cumprir com essas recomendações.

Isso mesmo que você leu! Ser ativo não significa que todos tenham que ser atletas ou correr uma maratona. Que tipo de exercício devemos fazer para ter um impacto positivo no corpo? Durante quanto tempo? E quais são os benefícios para a saúde?

Abaixo veremos alguns elementos para entender por que o exercício moderado tornará sua vida mais saudável em todos os aspectos.

Trinta minutos por dia são o suficiente

A prática regular de exercícios físicos não só ajuda a reduzir o excesso de peso. É benéfico para a saúde em geral. As pessoas que realizam atividade física moderada e regular têm uma vida mais saudável, e estão mais protegidas contra doenças não transmissíveis.

Homem correndo com uma menina

Atualmente, as autoridades dos Estados Unidos e da União Européia recomendam uma atividade física moderada de 150 minutos por semana para um adulto em condições normais. O ideal é dividir esse tempo em períodos de 30 minutos por dia durante cinco dias por semana.

Uma atividade física moderada pode ser simplesmente caminhar rápido, andar de bicicleta ou nadar. Também pode ser qualquer outro exercício aeróbico planejado, de intensidade média.

Impacto positivo do exercício moderado na saúde cardíaca

Entre os impactos positivos mais diretos da atividade física moderada está o benefício para a saúde do coração. De fato, o exercício melhora a circulação coronária e fortalece o músculo cardíaco, o que aumenta o desempenho do coração.

Mas, além disso, a realização de pelo menos 30 minutos de exercício regularmente reduz os níveis de colesterol ruim (LDL) e aumenta os níveis de colesterol bom (HDL).

Com estes bons hábitos, conseguimos que as placas de ateroma não sejam formadas e que a flexibilidade das paredes dos vasos sanguíneos e das artérias seja aumentada. O exercício físico moderado evita assim a formação de coágulos e previne infartos e trombose.

Hipertensão e exercício

O exercício físico moderado ajuda a controlar a pressão sanguínea arterial. As pessoas que sofrem de hipertensão terão uma vida mais saudável se praticarem atividades moderadas regularmente. O exercício físico é o meio não farmacológico mais eficaz para controlar esta doença.

O tipo mais recomendado de prática para obter esse benefício é o exercício aeróbico.

Sua presença regular em nossas vidas não apenas contribui diretamente para o controle da pressão arterial, mas também há benefícios indiretos para ajudar a controlar o excesso de peso e a hipercolesterolemia, o que, por sua vez, reduz o risco de hipertensão.

Mulher correndo no parque

Uma atividade moderada ajuda a controlar o diabetes e a osteoporose

O exercício ativa os músculos, que quando estão em atividade consomem uma quantidade maior de glicose: o efeito é a redução da glicose no sangue. É por isso que a atividade física moderada e regular é a opção mais saudável para a vida das pessoas com diabetes.

No nível ósseo, o exercício produz melhorias na composição dos ossos, aumentando a retenção de minerais. Isso reduz significativamente a prevalência de osteoporose, bem como a ocorrência de fraturas. Da mesma forma, a atividade física moderada reduz a dor e a incapacidade devido à osteoartrite.

Exercício e saúde mental: uma vida mais saudável

Além de todos esses benefícios físicos, o exercício moderado também contribui para a saúde mental. A atividade física moderada e regular melhora a velocidade mental, a memória e outras faculdades mentais.

Em pessoas com mais de 65 anos de idade, o exercício diminui o risco de sofrer de demência e deterioração cognitiva.

Grupo de várias idades em uma academia

A prática de exercícios ajuda a aliviar a tensão e o estresse e produz uma diminuição nos níveis de agressividade, raiva e angústia. Promove sentimentos de otimismo e euforia, eleva a autoestima e ajuda a prevenir e tratar a depressão.

As pessoas que realizam atividades físicas moderadas regularmente têm maior facilidade em relaxar e menos problemas de isolamento social. Em suma, o exercício aumenta o bem-estar geral daqueles que o praticam. O que você está esperando para começar?