6 exercícios para o bruxismo

Poucas coisas são mais desconfortáveis do que ranger os dentes durante a noite. Esses seis exercícios muito simples vão nos ajudar a relaxar a tensão que leva ao bruxismo.
6 exercícios para o bruxismo

Última atualização: 13 Abril, 2021

O bruxismo é uma patologia relacionada com a articulação temporomandibular. Esse problema faz com que haja muita tensão e geralmente se manifesta com o paciente rangendo os dentes durante a noite. Portanto, os exercícios para o bruxismo vão consistir em trabalhar essa área.

Mais especificamente, o bruxismo está relacionado a altos níveis de estresse. Assim, os exercícios terão como objetivo soltar, relaxar e alongar a mandíbula e suas estruturas adjacentes. Vamos ver alguns deles.

Exercícios para o bruxismo: técnicas gerais de relaxamento

Para começar, podemos usar qualquer técnica existente para aliviar as tensões de forma global. Estamos falando da meditação, na qual é preciso fechar os olhos e esvaziar a mente, ou de exercícios relaxantes de respiração, como, por exemplo, inspirar o ar durante quatro segundos, segurá-lo durante sete segundos e expirar durante outros oito segundos.

Também é possível optar por passar 15 minutos sentado no sofá confortavelmente, com os olhos fechados, tentando perceber apenas os estímulos do ambiente. Em todos os três casos, o objetivo é fazer com que o cérebro pare de pensar ou de remoer algo preocupante para se concentrar na respiração e em outros elementos.

Massagem local para bruxismo

Este já é um dos exercícios para o bruxismo propriamente dito. O objetivo é proporcionar uma massagem relaxante aos músculos que, devido ao estresse, ficam dormentes e levam o indivíduo a apertar a mandíbula durante a noite, o que causa danos aos dentes de acordo com a literatura científica sobre o assunto.

Portanto, é preciso procurar massagear os músculos da mandíbula e da mastigação. Começaremos com movimentos desde a bochecha até as têmporas, para depois traçar linhas retas da bochecha até o nariz, lábios e queixo.

exercícios para o bruxismo

Então, devemos ir desde a parte abaixo do nariz até o ângulo inferior da mandíbula. Também podemos traçar uma espécie de ‘U" do queixo em direção à base da orelha.

Todos esses movimentos serão realizados de 5 a 10 vezes cada. Devem ser feitos lentamente e com alguma pressão, ou seja, devemos perceber que estamos atingindo os músculos faciais.

Exercício específico de relaxamento da mandíbula

Um exercício útil para relaxar as tensões nessa área é o seguinte: apertar os dentes com força durante aproximadamente 10 segundos e depois relaxar a tensão enquanto movemos a mandíbula de um lado para o outro. A realização deste exercício várias vezes nos fará sentir um certo relaxamento imediatamente.

Exercícios gerais para o bruxismo

Além do anterior, há uma série de movimentos que são utilizados na fonoaudiologia para relaxar grande parte dos músculos afetados. Eles também podem ser usados ​​como exercícios para o bruxismo.

Estamos falando de abrir a boca ao máximo e fechá-la; abrir a boca um pouco e mover a mandíbula de um lado para o outro; traçar círculos; ou abrir a boca, esticar a língua ao máximo e voltar a colocá-la dentro da boca. Todos devem ser feitos com calma e de forma suave.

Puxar as orelhas

Essa técnica, típica da osteopatia craniana, é muito usada para descomprimir o osso temporal do crânio. Esse osso é um dos que formam a articulação temporomandibular e, portanto, está diretamente relacionado com a patologia em questão.

Para executá-lo, devemos nos deitar de barriga para cima e segurar os lóbulos das duas orelhas entre os dedos polegar e indicador das mãos. Aplicando um pouco de pressão, vamos puxar os lóbulos suavemente em direção aos pés.

Quando percebermos uma certa resistência física, devemos manter a posição e, após alguns segundos, verificar se ela ainda está presente. Se ainda houver resistência, volte à posição original. Caso contrário, você pode puxar um pouco mais.

Alongamentos da musculatura acessória

Como parte dos exercícios para o bruxismo, também podemos incluir o alongamento de outros músculos. Estamos falando especificamente sobre os músculos do pescoço. Esses três alongamentos ajudam a relaxar toda a musculatura cervical, que geralmente também sofre em caso de bruxismo.

exercícios para o bruxismo

Podemos primeiramente olhar para um lado e para o outro, virando a cabeça o máximo que pudermos. Em seguida, olhar para o teto e para os pés e, por fim, inclinar a cabeça para um lado e para o outro, apoiando-a nos ombros.

Exercícios para o bruxismo em casa

Conforme você pode ver, todos os exercícios que ajudam a melhorar essa patologia podem ser feitos em casa confortavelmente. Não precisamos de nenhum material extra nem de amplos conhecimentos de anatomia ou fisiologia.

Portanto, se você sofre de bruxismo, experimente fazer todos os exercícios que explicamos todos os dias e você verá como vai melhorar aos poucos. Porém, se o desconforto persistir, não hesite em consultar um especialista.

Pode interessar a você...
Quais são as lesões esportivas nas costelas?
Fit PeopleLeia em Fit People
Quais são as lesões esportivas nas costelas?

Em termos gerais, são duas as lesões nas costelas: a contusão e a fratura. A principal causa é o impacto traumático. Saiba mais a seguir.



  • E. González, M. Emilce y P. Midobuche, et al. Bruxismo y Desgaste Dental. Revista ADM. Vol. 72 Issue 2, p92-98 (2015)
  • Y. Morales, F. Neri y J. Castellanos. Fisiopatología del bruxismo nocturno. Factores endógenos y exógenos. Revista ADM. Vol. 72 Issue 2, p78-84 (2015)
  • L. Godoy, A. Palacio y M. Naranjo. Acción e influencia del bruxismo sobre el sistema masticatorio: Revisión de literatura. CES Odontología. Vol. 21, Issue 1 (2008)