Existem benefícios de tomar banho frio após o treino?

09 Outubro, 2020
Dentre os benefícios de tomar banho com água fria, podemos destacar a normalização da frequência cardíaca e o controle da inflamação. Veremos todos eles em detalhes.

Você fez exercícios e precisa tomar um banho. Você tem a opção de desfrutar de um banho quente ou de ousar com a água fria. Embora em uma situação normal seja lógico escolher a opção reconfortante, esta pode não ser sempre a escolha ideal. Tomar banho frio após o treino tem benefícios muito interessantes para os atletas.

A primeira vantagem de tomar banho com água fria é que isso permite que o corpo volte ao estado normal. Quando praticamos esportes, a frequência cardíaca acelera, o sangue corre para os músculos e são secretados hormônios que nos permitem fazer os esforços necessários.

Com a água fria, vamos ajudar o ritmo cardíaco a relaxar. Um estudo publicado pelo Journal of Strength and Conditioning Research confirma que o banho frio após o treino reduz o estresse cardíaco em atletas. Além disso, os músculos param de precisar de tanto suprimento de sangue e cessa a vasodilatação.

No entanto, deve ser esclarecido que essa pesquisa indica que esses efeitos do banho frio foram analisados ​​em um ambiente quente. A seguir, vamos listar outros benefícios dessa prática no âmbito esportivo.

Limita os danos dos microtraumas

Graças aos efeitos do frio sobre o organismo, as microrrupturas sofridas pelos músculos em uma sessão de exercícios não causarão tantos danos. Ou seja, com a água fria, limitamos os danos de início tardio de forma eficaz. Estamos nos referindo a patologias como rigidez ou dores em músculos específicos.

Benefícios de tomar banho com água fria após o treino

Controle da inflamação

Outro benefício da vasoconstrição, ou seja, da limitação do suprimento de sangue para os músculos, é o controle da inflamação.

Nesse caso, os músculos ou estruturas inflamadas pela atividade realizada deixarão de estar inflamados muito mais rapidamente. Se não usarmos água fria, a inflamação fará com que chegue cada vez mais sangue à região, piorando a situação.

Com a água fria, ajudamos a quebrar esse ciclo e, assim, evitamos tanto a inflamação quanto o aparecimento de edemas – que ocorrem quando o sangue vaza para o espaço extracelular devido à ruptura das fibras.

Outros benefícios de tomar banho frio após o treino

Não há muitas evidências científicas sobre os pontos a seguir, mas vale a pena considerá-los como possíveis benefícios. Por exemplo, é possível que os banhos frios ajudem a queimar gordura.

Nesse sentido, a teoria diz que existem células que queimam gordura quando expostas ao frio que estão localizadas no pescoço e nos ombros. Assim, um banho frio basicamente terá essas células como alvo.

Por outro lado, diz-se que a água fria tem efeitos positivos para a pele. Mais especificamente, ela pode ajudar a tornar a pele mais macia e tonificada.

E, como último ponto, o frio não resseca a camada sebácea que temos sob a pele. Com isso, teoricamente, também haveria efeitos mais benéficos para o cabelo do que com o calor.

Contraindicações

Também vale a pena mencionar a —pequena— lista de contraindicações para o banho com água fria. Por um lado, se você já estiver com frio, tomar banho com água fria não terá nenhum efeito benéfico. É provável que tenha mais efeitos prejudiciais do que positivos.

Em segundo lugar, se você tiver problemas circulatórios, a vasoconstrição causada pela água fria pode ser prejudicial. Também devemos ter cuidado se estivermos doentes. Fazer o corpo passar frio enquanto estamos doentes pode ter um efeito prejudicial para o sistema imunológico.

Benefícios de tomar banho com água fria após o treino

Tomar banho frio, mas de forma controlada

Diante do exposto, concluímos que tomar banho com água fria após a prática de esportes é positivo. No entanto, devemos ter em mente que devemos esperar cerca de 15 minutos antes de tomar banho. Isso ocorre porque não é bom sujeitar o corpo a uma mudança brusca de temperatura de forma tão repentina.

Se nos sentirmos incomodados com o frio, podemos começar com água morna e resfriá-la aos poucos. Não é necessário sofrer com a água fria de uma vez. Além disso, o ideal é usar um pouco de água morna depois da fria.

Dessa forma, evitaremos o efeito de compensação que ocorre no corpo quando ele é submetido a temperaturas muito altas ou muito baixas.

Ou seja, quando o corpo é submetido a baixas temperaturas, uma vez que o estímulo cessa, ele se aquece excessivamente para compensar esse efeito. Ao terminar com água morna, cancelamos esse efeito depois de termos desfrutado dos efeitos benéficos de um banho com água fria.

  • A. Ajjimaporn, R. Chaunchaiyakul, S. Pitsamai et al. Effect of Cold Shower on Recovery From High-Intensity Cycling in the Heat, Journal of Strength and Conditioning Research: August 2019 – Volume 33 – Issue 8
  • K. Kauppinen. Sauna, shower, and ice water immersion. Physiological responses to brief exposures to heat, cool, and cold. Part II. Circulation. Arctic Medical Research. 1989 Apr;48(2):64-74
  • N. Shevchuk. Adapted cold shower as a potential treatment for depression. Medical Hypotheses. Volume 70, Issue 5, 2008, Pages 995-1001