Osteoporose: é possível preveni-la naturalmente?

A osteoporose é uma doença óssea crônica caracterizada por uma perda de densidade óssea e um risco aumentado de fraturas.
Osteoporose: é possível preveni-la naturalmente?

Última atualização: 20 Março, 2021

A osteoporose é uma doença óssea que envolve a perda de tecido ósseo. Essa condição está relacionada à idade, pois após a menopausa e com a diminuição dos níveis hormonais, homens e mulheres ficam expostos à possibilidade de sofrer de osteoporose.

Existem maneiras de prevenir e retardar o curso desta doença, mas neste artigo focaremos nas formas que podem nos ajudar a fazer isso de forma natural. Vamos lá!

Osteoporose: definição e causas

A osteoporose é uma doença metabólica crônica dos ossos. É uma das condições metabólicas mais frequentes e sua incidência é especialmente alta em mulheres no período pós-menopausa.

Essa doença gera uma perda de tecido ósseo e, como podemos deduzir, isso aumenta o risco de fraturas. As fraturas mais comuns devido à perda de densidade óssea causada pela osteoporose são geralmente nas regiões do quadril e da coluna.

A principal causa é a perda da proteção hormonal após a menopausa, mas existem muitas outras razões que podem desencadear a osteopenia — baixa densidade óssea sem se tornar osteoporose. Essas causas são:

  • Doença celíaca.
  • Diabetes mellitus.
  • Alcoolismo crônico.
  • Tabagismo.
  • Gamopatia monoclonal.
  • Insuficiência renal, aguda e crônica.
  • Deficiência de vitamina D e cálcio devido à desnutrição.

Prevenção da osteoporose

A prevenção da osteoporose é um dos motivos mais frequentes de consulta em consultórios de endocrinologia. Essa doença é especialmente frequente em mulheres que passaram pela menopausa, uma vez que o hormônio estrógeno é um fator protetivo contra a perda de densidade óssea. No entanto, à medida que envelhecemos, a incidência de osteoporose aumenta em ambos os sexos.

Certos alimentos contribuem para ossos fortes.

A terapia de reposição hormonal com estrógeno é prescrita para mulheres a fim de evitar a perda de densidade óssea, uma vez que o estrógeno, como dissemos, protege contra essa perda.

Da mesma forma, para ambos os sexos, certos medicamentos podem ser prescritos, embora devam ser reservados para casos específicos. Sendo assim, é melhor optar por opções naturais igualmente eficazes e sem efeitos colaterais desagradáveis.

Nas seções a seguir, listaremos as maneiras mais apropriadas de prevenir essa doença naturalmente, por meio da suplementação e dos hábitos de vida.

Suplementação

Entendendo que o cálcio é o principal constituinte dos ossos e que a vitamina D ajuda o cálcio presente no sangue a se mineralizar e se tornar tecido ósseo, é fácil deduzir que suplementos com cálcio e vitamina D nos ajudarão a prevenir a osteoporose.

Geralmente eles são a primeira estratégia para pacientes que podem sofrer da doença, uma vez que é uma maneira natural de aumentar a densidade óssea. Sabe-se que a absorção máxima de cálcio é alcançada em idades jovens, até 25 ou 30 anos.

Alimentação e descanso

Levar uma vida saudável, tanto em nossa dieta quanto em nosso descanso, é a melhor maneira de prevenir a osteoporose futura. Uma dieta equilibrada e saudável nos permitirá obter todos os nutrientes dos quais precisamos, entre os quais encontramos cálcio, fósforo e magnésio, que são muito importantes para o metabolismo ósseo.

Por outro lado, ter períodos de descanso adequados também é importante para manter nosso sistema hormonal saudável o maior tempo possível. Esse cuidado é especialmente importante para mulheres, pois prolonga a atividade do estrogênio. Nos homens, a testosterona aumenta a mineralização óssea e promove o aumento da densidade óssea.

Mulher faz treinamento de força para prevenir a osteoporose.

Exercício de força

O exercício físico nos permite atingir o nível máximo de mineralização óssea. Ele faz com que os ossos fiquem em boas condições por mais tempo. Os esportes de força são especialmente eficazes para esse fim.

Esse tipo de esporte aumenta os níveis naturais de testosterona e hormônio do crescimento, que são hormônios anabólicos que aumentam a massa muscular e óssea.

Além disso, os esportes de força promovem o fortalecimento de nossas articulações, por isso têm um papel protetor contra possíveis fraturas futuras.

Pode interessar a você...
Qual a relação entre a osteoporose e o esporte?
Fit PeopleLeia em Fit People
Qual a relação entre a osteoporose e o esporte?

A atividade física é essencial para o bem-estar. Ao mesmo tempo, praticar um esporte será fundamental no tratamento de patologias, como a osteoporose.