Qual é o tempo de recuperação para as lesões musculares?

09 Novembro, 2020
Após sofrer uma lesão muscular, o tempo de recuperação para o músculo afetado dependerá da gravidade da lesão. Neste artigo, falamos sobre o tempo de recuperação para as lesões musculares mais comuns.

O tempo de recuperação para lesões musculares varia significativamente dependendo do tipo de lesão. Por isso, as lesões musculares são um dos maiores inimigos do atleta. Elas o forçam a interromper sua prática esportiva e geralmente são bem dolorosas.

Evidentemente, qualquer processo de recuperação sempre deve ser supervisionado por um profissional de saúde. Neste artigo, vamos falar sobre as lesões musculares mais comuns e o tempo de recuperação de cada uma.

Contusão

Uma contusão muscular significa simplesmente sofrer uma batida. Nessa circunstância, o músculo fica ligeiramente danificado por um impacto direto, o que pode causar um hematoma.

O tempo de recuperação dependerá da gravidade da batida. Pode levar de alguns minutos até vários dias. A contusão é a lesão muscular mais branda.

Cãibra

No próximo nível de gravidade está a cãibra. Nesse caso, o músculo se contrai repentina e involuntariamente por alguns segundos. Este é um estado que o atleta não consegue controlar, devendo esperar até que a contração pare de tentar alongar o músculo.

Depois que isso acontece, o atleta pode retomar suas atividades. Cabe ressaltar que se o músculo sofre cãibras uma vez, é provável que isso aconteça novamente quando o atleta retomar a prática esportiva. Portanto, é aconselhável interromper a prática naquele momento e retomá-la no dia seguinte ou várias horas depois.

Para evitar as cãibras, é aconselhável fazer um bom aquecimento, manter-se hidratado e não sobrecarregar o músculo ou forçá-lo além de seus limites.

Contratura

A contratura é semelhante à cãibra, porém mais prolongada, conforme explicam várias as publicações acadêmicas sobre o assunto. Ao ter uma contratura, você perceberá uma contração forte e involuntária de um músculo, e não será capaz de relaxá-lo.

As lesões são um dos maiores inimigos do atleta. Elas o forçam a interromper sua prática esportiva e geralmente são bem dolorosas

O tempo de recuperação para os músculos afetados por uma contratura pode ser de vários dias, mas isso dependerá da quantidade de fibras musculares que foram afetadas.

Distensão

A próxima lesão muscular da qual vamos falar é a distensão. Ela ocorre quando o músculo é alongado demais ou repentinamente, de forma que ocorrem danos às suas fibras.

Existem três graus de distensão muscular, dependendo da gravidade. Supondo que você siga a recuperação adequadamente, você pode precisar de uma até três semanas para se recuperar totalmente de uma distensão.

Você pode voltar à sua vida normal mais cedo, já que são adicionados exercícios físicos ao processo de recuperação. No entanto, é importante esperar por uma recuperação completa antes de voltar a praticar esportes.

Ruptura parcial

Estas duas últimas categorias são as mais sérias. Começaremos com a ruptura parcial ou fibrilar. Nessa lesão, ocorre a quebra de vários feixes de fibras musculares, mas a integridade do músculo não é comprometida.

Você perceberá uma dor aguda e terá dificuldade em mover o músculo afetado. Também haverá hematomas e inflamação.

A ruptura parcial também tem três graus, dependendo de quantas fibras foram afetadas. Se você sofrer uma ruptura parcial de grau I, pode levar de 8 a 10 dias para você se recuperar. Se for de grau II, de 2 a 3 semanas, e se for de grau III, cerca de um mês.

Ruptura completa

A ruptura completa ocorre quando o músculo se divide em duas partes ou mais partes. Se isso acontecer, você sentirá fortes dores e não conseguirá mover adequadamente a parte do corpo afetada.

O tempo de recuperação para as lesões musculares varia significativamente dependendo do tipo de lesão. Neste artigo, falamos mais sobre isso

Ambas as extremidades do músculo serão puxadas pelo tendão em direção ao osso correspondente, deixando uma lacuna onde ficava o músculo. Isso é conhecido como sinal da pedrada.

Após sofrer uma ruptura completa, o músculo pode levar vários meses para se recuperar. A lesão exigirá cirurgia para unir as partes do músculo que foram separadas. Após isso, começará o longo processo de recuperação, que deve ser seguido à risca para evitar problemas.

A lesão determina o tempo de recuperação para o músculo

Como falamos neste artigo, existem muitos tipos de lesões musculares e cada um tem seu quadro clínico e seu tempo de recuperação. Por isso, desde que não seja uma simples cãibra, é aconselhável consultar um especialista.

O profissional poderá fazer todos os exames necessários para diagnosticar a lesão exata, já que todas podem causar dor e inflamação. É claro que existem sinais de diferenciação, mas uma pessoa sem o treinamento necessário pode não ser capaz de diferenciar entre uma distensão e uma ruptura parcial, por exemplo.

Além disso, vale reiterar que você deve seguir os conselhos de recuperação adequadamente. Se você voltar a praticar esportes muito cedo, será muito fácil danificar o músculo novamente.

  • V. Nsitem. Diagnosis and rehabilitation of gastrocnemius muscle tear: a case report. J Can Chiropr Assoc. 2013;57(4):327-333.
  • G. Serratrice. Contracturas musculares. EMC. 2011; 32 (2): 1-11
  • M. A. Cardero. Lesiones musculares en el mundo del deporte. e-balonmano.com: Revista de Ciencias del Deporte. 2008; 4 (1): 13 – 19