Fatores de risco ao realizar a remada

24 Novembro, 2019
Se você costuma usar a máquina de remada, e mais ainda, se pratica esse esporte aquático, deve saber a quais riscos de lesões está expondo seu corpo. Listaremos aqui as principais e por que elas ocorrem.
 

A remada é um exercício que trabalha o corpo todo. Portanto, tornou-se popular graças aos bons resultados que oferece a quem pratica a atividade. Por esse motivo, é aconselhável saber quais são os fatores de risco e de uma lesão na remada para, assim, evitá-los.

Praticar a remada em espaços abertos ou usar a máquina de remo na academia traz muitos benefícios para o corpo. Os mais importantes são queimar gordura, tonificar os músculos, melhorar a postura e aumentar o fluxo sanguíneo.

Ele pode ser um exercício muito completo, mas há certos detalhes com os quais você deve tomar cuidado se não quiser sofrer uma lesão. Para preservar seu bem-estar, mostraremos quais são os fatores de risco para lesões na remada. Tome nota e cuide do seu corpo!

Fatores de risco na remada: lesões mais frequentes

Lesão no pulso

Tenossinovite ou síndrome de De Quervain é o termo médico para uma lesão que afeta os tendões da mão. Consiste na inflamação dos tendões extensores da mão que se conectam com o polegar.

Os sintomas desse tipo de lesão são dor no punho e nas mãos, incapacidade de flexionar os dedos ou desconforto ao fazê-lo, hematomas ou vermelhidão. A chave para reduzir o risco dessa lesão é aquecer muito bem as mãos e os pulsos antes de realizar o exercício de remada.

Lesão na remada: casos mais frequentes
 

Embora pareça bobo em comparação com outras áreas do corpo usadas na remada, mãos, dedos e pulsos também são articulações que justificam o aquecimento devido ao esforço para apoiar o equipamento de remo.

Dor nas costas

As costas estão geralmente sob altos níveis de tensão durante a remada, principalmente em exercícios longos. A área mais afetada é a região lombar, pois é necessário ficar sentado por um longo tempo aplicando força.

O que acontece principalmente é um prolapso de disco na região lombar, também chamado de hérnia de disco. Existe o risco de escorregamento do disco lombar quando fraqueza, dormência ou formigamento ocorrem na região lombar ou nas pernas.

No caso de você apresentar esses sintomas, é melhor consultar um médico para garantir que tudo esteja em ordem.

Dor nas costas

Lesões no joelho devido à remada

O joelho é uma das articulações mais importantes do corpo humano, pois permite a mobilidade das pernas. Sem eles, não poderíamos andar, correr e pular, entre outros movimentos essenciais.

No caso da máquina de remada, os joelhos estão constantemente se flexionando e se estendendo. Então, colocar muita força neles ou fazer o exercício sem aquecimento pode causar lesão no ligamento do joelho, ruptura do menisco ou dor no fêmur.

 
Lesões no joelho devido à remada

Essas lesões não são apenas arriscadas utilizando a máquina de remo, mas também para o remo em geral. Portanto, é imperativo que você aqueça bem antes de se exercitar. Caso contrário, você expõe seus joelhos a um estresse que pode danificá-los significativamente.

Fratura nas costelas

As fraturas nas costelas são mais frequentes e perigosas do que deveriam, pois a remada é um exercício não violento. No entanto, as costelas têm uma tendência sofrer fraturas devido ao estresse. As fraturas por estresse são aquelas que surgem do uso excessivo da força nesses ossos.

Ao remar, muito esforço é colocado na caixa torácica, que gradualmente desgasta os ossos das costelas. Assim, pequenas rachaduras são causadas, até que sejam fraturadas pelo estresse.

Por menor que seja, uma fratura não passa despercebida. Sintomas como dores muito fortes ou hematomas são notados muito rapidamente.

Fratura nas costelas
 

É importante receber atendimento médico imediatamente se você tiver uma costela quebrada. Além disso, para evitar uma lesão como essa, é essencial que você coma bem, para que seus ossos não fiquem fracos e, por sua vez, faça exercícios como a prancha ou burpees para fortalecer o tronco.

Em resumo, usar a máquina de remo ou praticar o esporte em si pode colocá-lo em boas situações e em outras não tão positivas. Você deve estar muito atento para cuidar do seu corpo. Atletas profissionais ou amadores precisam cuidar e nutrir seu corpo para que ele esteja em ótimas condições para o esporte.

Está na hora de prestar muita atenção à sua técnica no remo, realizar um bom aquecimento antes de começar e ter sempre uma hidratação e dieta corretas. Dessa forma, você pode evitar os fatores de risco de qualquer lesão no remo.