4 tipos de calçado que podem causar lesões esportivas

04 Julho, 2020
A medicina esportiva identificou alguns tipos de calçado que podem causar lesões. É muito importante saber qual é o calçado adequado para cada atividade física.
 

Existem muitos tipos de calçados esportivos, e também são várias as possibilidades lesões esportivas causadas pelo uso de um sapato errado. Sim, existe uma associação entre um calçado inadequado e o risco de lesão.

Existem duas características do pé do atleta que são fundamentais para entender por que um calçado pode causar lesões:

  • Arco plantar: o arco plantar é a parte curva do pé que fica no lado interno. Não é uma estrutura estática, pois muda e se modifica de acordo com o que o pé está pisando e como isso é feito a cada momento. Em uma corrida, por exemplo, o arco plantar nem sempre está do mesmo tamanho ou com o mesmo ângulo. Se o arco plantar for incapaz de absorver forças e de suportar a dinâmica de supinação e pronação, então algumas lesões não poderão ser evitadas.
  • Pronação-supinação: essas duas forças dinâmicas mudam constantemente no esporte. O corpo tende a girar para fora e para dentro, dependendo do que queremos fazer. Se essas forças se desequilibrarem, uma parte dos membros inferiores será mais sobrecarregada do que a outra. Em resumo, esse é um estresse que será transferido para os músculos, ligamentos e tendões.

Quando o calçado correto para cada esporte é escolhido, estima-se que as lesões sejam reduzidas em até 50%. Entre as lesões evitáveis ​​no esporte temos a tendinite, a fascite plantar e as fraturas do metatarso.

É importante lembrar que ‘tendinite’ é um termo amplo que pode ser aplicado a vários tendões: o tendão de Aquiles, o tibial posterior e o poplíteo, por exemplo.

 

O que considerar ao escolher entre os tipos de calçado

Há vários fatores que devemos levar em consideração sempre que formos comprar um calçado para praticar esportes. Entre esses fatores, estão:

  • O esporte a ser praticado: os fabricantes desenvolvem calçados técnicos de acordo com o exercício para o qual são propostos. Correr em terreno plano não é o mesmo do que correr na montanha, assim como parar para impulsionar uma bola de golfe não é o mesmo do que parar em uma quadra de basquete.
Se você deseja fazer uma dieta detox, é melhor ser aconselhado por um profissional.

  • Terreno sob os pés: existem esportes que podem ser praticados em diferentes terrenos. O tênis é um deles, pois abrange diversas superfícies. Algumas delas são mais macias, outras são mais duras e algumas são mais escorregadias do que outras. A sola do calçado será essencial para evitar transtornos em relação ao piso.
  • Forma do pé: cada ser humano tem um tipo de pé. Dessa forma, os arcos plantares, os tamanhos e a disposição dos dedos são diferentes. A tendência de supinar ou pronar também varia. Os números de calçado são uma medida internacional para padronizar o tamanho, mas não é o único fator que explica a variabilidade entre um pé e outro. O mesmo calçado com o mesmo número pode não servir da mesma forma em uma mulher e em um homem, por exemplo.
 

4 tipos de calçado que causam lesões esportivas

Assim, chegamos ao ponto que mais nos interessa: que tipos de calçado causam lesões ao praticar esportes. Já vimos que isso depende do tipo de atividade física e do tipo de pé que o atleta possui.

Com base nisso, podemos nos orientar para identificar os calçados que não seriam recomendados para cada um de nós.

1. Sem amortecimento

Um calçado que não amortece o movimento dos joelhos não é recomendado para caminhadas nem para fazer trekking. Esses esportes requerem absorção de impactos repetitivos, uma vez que as caminhadas geralmente são longas e o terreno nem sempre é completamente liso.

2. Sola lisa

A sola lisa não é útil em esportes de campo, como o futebol, por exemplo. Pelo contrário, é necessária aderência para evitar escorregões e não se machucar em uma queda evitável.

Quando o nível de prática de futebol é profissional, são impostas solas com travas e inclusive com a possibilidade de substituí-las, casa haja desgaste muito visível. As microfraturas dos metatarsos são lesões clássicas da sola lisa.

Chuteira de futebol

3. Grande demais

Em geral, os calçados esportivos devem ficar bem ajustados. Um calçado solto é muito propenso a causar lesões por tropeções ou por um apoio incorreto que o corpo tenta compensar. É comum que calçados grandes demais causem trauma por sobrecarga nos membros inferiores.

 

4. Pequenos demais

Ao contrário do caso anterior, se o calçado estiver muito apertado, a pele do pé será afetada. A derme pode apresentar bolhas ou hiperqueratose, que é o aumento da espessura da epiderme por causa do atrito. Ou seja, o corpo desenvolve mais pele para se proteger daquilo que o calçado está apertando.

Nos casos mais graves, podem ocorrer varizes nos membros inferiores. Nessa situação, a pressão do calçado contra os pés interrompe o retorno venoso e aumenta a pressão do sistema circulatório.

Tipos de calçado e lesões: conclusão

Os pés do atleta são vitais para a sua atividade. Por isso, você deve cuidar deles o máximo que puder. Escolher o calçado adequado é essencial para essa tarefa. Você deve avaliar que tipo de pé você possui e como esse pé funciona enquanto você pratica o esporte escolhido.

Você pode tirar as dúvidas consultando profissionais da área. Médicos esportivos e ortopedistas estão envolvidos com a questão da pisada e podem te aconselhar para que você escolha o calçado certo para não se lesionar.

 
  • Mckenzie DC; Clement DB; Taunton JE; (1985). Running shoes, orthotics, and injuries. Sports medicine; sep-oct; 2(5); p. 334-47.
  • Hessas, S., et al. “Heel lifts stiffness of sports shoes could influence posture and gait patterns.” Science & Sports 33.2 (2018): e43-e50.
  • Reynés Vallverdú, Joan. “¿ Qué importancia tienen las zapatillas deportivas en cuanto al dolor, el impacto y prevención del síndrome de dolor femoropatelar en corredores?.” (2019).