Você conhece as regras do ciclismo de pista?

12 Setembro, 2020
Embora o ciclismo de estrada seja um dos esportes mais populares, o ciclismo de pista não tem a mesma quantidade de seguidores. Você sabe quais são suas regras?

O ciclismo de pista é um evento em que ciclistas competem em um velódromo. O velódromo é uma pista oval e geralmente tem 250 metros de comprimento. Neste artigo, falamos mais sobre as regras do ciclismo de pista.

Esse evento tem regulamentações muito específicas envolvendo a bicicleta, a pista e a vestimenta do competidor. Continue lendo para saber mais.

Regras do ciclismo de pista

Bicicleta

A bicicleta usada no ciclismo de pista é bem diferente da bicicleta usada no ciclismo de estrada. Uma das principais diferenças é que ela não tem freios.

Em vez disso, ela possui um sistema de engrenagem fixa que faz com que os pedais fiquem em constante movimento. Assim, para desacelerar, o ciclista deve pedalar mais devagar. Isso significa que é impossível que o ciclista pare repentinamente, pois pode perder o equilíbrio.

Isso também significa que a bicicleta possui marcha única. Existe uma única coroa na área do eixo central e um único câmbio. Além disso, ela não possui um suporte para garrafa de água, uma vez que a regulamentação o proíbe.

As normas também especificam que as rodas devem ser de alumínio, carbono ou titânio. Seu diâmetro pode variar de 66 a 68 centímetros. O comprimento máximo da bicicleta não pode ultrapassar dois metros e ela deve pesar entre 7 e 8,5 quilogramas.

Regras do ciclismo de pista

Velódromo

O velódromo é uma pista oval. É muito importante que o velódromo cumpra todos os critérios necessários para que não haja contratempos durante o evento.

Sua superfície pode ser de concreto ou madeira e seu comprimento pode variar entre 250 e 333,3 metros. O velódromo pode ser tanto coberto como descoberto.

A pista pode variar de acordo com os ângulos de construção, mas existem alguns requisitos mínimos. Por exemplo, a largura não pode ser inferior a 7 metros e não deve ser superior a 11 metros.

A pista também deve ter duas superelevações, cuja inclinação pode variar entre 38 e 46 graus. Este é um importante aspecto do design que facilita as diferentes manobras realizadas pelos ciclistas.

Na prática, os velódromos podem ter algumas diferenças sutis. No entanto, todos devem ter acesso por túnel, vestiário, área do competidor, linha de chegada com sistema de vídeo e área de saída.

Vestimenta

A vestimenta é bem específica por motivos de segurança e qualquer violação pode resultar em penalidades. O ciclista deve ter capacete aerodinâmico, calçado com sola rígida que possa prender no pedal, uniforme com as cores da sua equipe nacional, luvas de lycra e meias curtas.

Outras regras do ciclismo em pista

Além das regras acima, as regras estabelecem que os árbitros devem ser nomeados pelo Presidente do Colégio de Comissários.

Outras regras do ciclismo em pista

As corridas são cronometradas em milissegundos e começam após um disparo. No caso de algum competidor infringir as regras ou se envolver em uma conduta antidesportiva, ele será advertido com uma bandeira amarela.

Outras regras básicas especificam que o ciclista não pode carregar nenhum objeto adicional, como água ou comida. Além disso, o número de competidores é limitado por razões de segurança.

Em uma pista de 333,3 metros, podem competir no máximo 36 ciclistas. Já em uma pista de 250 metros, podem competir 24. Finalmente, em uma pista de 200 metros, podem competir apenas 20 pessoas.

Conclusão

O ciclismo de pista é um dos esportes mais emocionantes, e está se tornado cada vez mais popular. Conhecer suas regras é determinante para competir com sucesso.

É importante ter em mente desde as características da bicicleta até as regras sobre a vestimenta. Além disso, também é necessário se atentar às regras específicas de cada competição.

  • Federación Española de Ciclismo. Reglamento del deporte ciclista UCI. Extraído de: https://rfec.com/index.php/es/smartweb/seccion/seccion/rfec/Reglamento-del-Deporte-Ciclista-Uci
  • CONADE. Ciclismo de pista, historia y actualidad. Extraído de: http://conadeb.conade.gob.mx/Documentos/Publicaciones/Ciclismo%20Pista.pdf