Tudo o que você precisa saber sobre o padel

14 Dezembro, 2019
O padel é um dos esportes que mais ganhou popularidade nos últimos anos. Certamente, depois de ler este artigo, você descobrirá o porquê!
 

O padel é um esporte de raquete que pode ser considerado uma combinação entre tênis e squash. É ideal para jogadores de todas as idades e habilidades, além de ser um dos esportes que mais tem crescido nos últimos anos. Neste artigo, contaremos tudo o que você precisa saber sobre a modalidade.

Esse esporte de raquete, nascido no México na década de 1970, foi criado por um homem chamado Enrique Corcuera, que queria construir uma quadra de tênis em sua propriedade e não possuía o espaço necessário. Depois, o padel foi importado para a Espanha, onde atualmente tem mais praticantes do que o tênis.

É um esporte muito social, sempre jogado em duplas. Também é muito fácil aprender em comparação a outros esportes de raquete, como o tênis, porque nem sequer são necessárias regras para começar a jogar.

A quadra é menor que uma quadra de tênis e é fechada por paredes de vidro. Além disso, o padel é menos focado na força e mais na tática e no aspecto mental.

Trata-se de um esporte de muito crescimento em todo o mundo. De fato, parece que o padel está conquistando adeptos ao longo dos anos e atualmente é praticado em muitos países. Na Espanha, é muito popular, embora também o seja em outros países, como Argentina, Uruguai, Brasil, Reino Unido, Alemanha ou Suécia.

Uma mistura de tênis e squash

O padel é um esporte de equipe no qual a coordenação é essencial. Saltos, ataques, reações rápidas, voleios, golpes, jogo na rede e defesa são algumas das ações que são realizadas. É uma modalidade que tem tudo o que você precisa para melhorar a força das pernas e também exige grande capacidade cardiovascular.

 
Padel em dupla

Como apontamos, o esporte é uma mistura entre tênis e squash, e é jogado apenas em duplas. Portanto, o aspecto social é uma parte central do jogo. Em um retângulo de 20 por 10 metros, separado por uma rede e cercado por paredes de vidro, duas equipes de dois jogadores se encaram batendo uma bola por cima da rede.

Terminar um ponto no padel é muito mais complicado do que no tênis ou squash. É necessário ser paciente e fazer a jogada correta na hora certa, se quiser deixar seus oponentes sem opções.

A pontuação é contada de acordo com as regras do tênis, embora a diferença seja que as paredes estão envolvidas no jogo, facilitando o desenvolvimento das trocas. Você verá como as trajetórias e os rebotes das bolas nas estruturas oferecem novas sensações de jogo!

Um esporte ideal para todos os perfis sociais

Quando você começa a jogar, a sensação de domínio é muito rápida e o prazer é imediato. É um esporte para todos os perfis sociais, independentemente da idade, e cada jogador é livre para definir a intensidade apropriada para seu nível.

É também um esporte misto por excelência, que abrange todas as faixas etárias e com uma porcentagem uniforme de homens e mulheres. Além disso, é um esporte divertido e que agrega gerações, no qual avós, pais e netos podem brincar juntos e se divertir.

 
Partida de padel

Como se isso não bastasse, é uma atividade muito acessível para quem nunca praticou esportes antes, pois não é necessário estar em boa forma física. De fato, é muito fácil aprender e requer menos esforço físico do que outros esportes.

Como você pode observar, o padel é um jogo divertido e acessível para todos os perfis de atletas. Sem dúvida, um jogo ideal para atletas iniciantes e para os mais experientes.

Por fim, outro aspecto a considerar é que o padel é praticado em instalações privadas ou através de associações, e seu preço geralmente não é excessivamente alto. Você também pode encontrar espaços públicos com quadras. É hora de experimentá-lo e aproveitar seus benefícios!

 
  • Sánchez-Alcaraz Martínez, B. J., Gómez Mármol, A., Parra Meroño, M. C., & García Montiel, J. A. (2015). Análisis de la satisfacción laboral de técnicos deportivos de pádel y natación. Apunts Educació Física i Esports, (117), 77–83. https://doi.org/10.5672/apunts.2014-0983.es.(2014/3).117.08
  • Castillo-Rodríguez, A., Hernández-Mendo, A., & Alvero-Cruz, J. R. (2014). Morfología del Jugador de Élite de Pádel: Comparación con Otros Deportes de Raqueta. International Journal of Morphology, 32(1), 177–182. https://doi.org/10.4067/s0717-95022014000100030
  • Sánchez-Alcaraz, B. J. (2014). Recomendaciones para el entrenamiento de la condición física en jóvenes jugadores de pádel. Trances, 6(4), 189–200. Retrieved from http://www.trances.es/index.php?option=com_content&view=article&id=241:sanchez-alcaraz-bj-2014-recomendaciones-para-el-entrenamiento-de-la-condicion-fisica-en-jovenes-jugadores-de-padel-trances-64189-200&catid=70:julio-agosto-2014&Itemid=73
  • Ruiz, R., & Lorenzo, O. (2008). Características psicológicas en los jugadores de pádel de alto rendimiento. Revista Iberoamericana de Psicología Del Ejercicio y El Deporte., 3, 1–18. Retrieved from http://www.redalyc.org/pdf/3111/311126260003.pdf