Supino: detalhes técnicos e benefícios

O supino desenvolve resistência, hipertrofia e força, mas devemos saber que é considerado um exercício bastante técnico, então devemos realizá-lo muito corretamente para evitar possíveis danos.
Supino: detalhes técnicos e benefícios

Última atualização: 12 dezembro, 2018

O supino é um dos exercícios mais realizados em academias e com resultados incríveis. No entanto, você tem que ser metódico e cuidadoso ao fazê-lo. Portanto, neste post vamos discutir os pontos técnicos e também os seus benefícios. Anote!

O supino é um exercício que trabalha os músculos do peito e dos braços. Pode ser feito de duas formas: livre ou em uma máquina chama smith. Mas ele não pode ser feito por qualquer um, já que devemos ter alguma experiência anterior no esporte e uma condição física prévia.

Destaques técnicos

Ao fazer qualquer exercício, por mais difícil ou simples que seja, é necessário que este seja realizado corretamente. Isso para evitar que a memória muscular registre incorretamente a execução de um exercício, evitando dores ou lesões.

Homem fazendo supino com a ajuda de um amigo

Pois bem, tudo é uma questão de técnica. Existe a possibilidade de você ter feito esse exercício por um longo tempo, mas sem se preocupar realmente com o que está fazendo. É o momento de rever o que você está errando e corrigir o mais rápido possível. Preste atenção nos seguintes pontos:

Posicione seus pés

Embora no supino a posição dos pés não seja tão importante quanto em um agachamento, ainda é um aspecto a ser levado em conta. Seus pés são o começo da base de uma boa concentração de força.

Tente manter os pés paralelos, nem um mais para frente, nem outro para trás. Da mesma forma, eles não devem estar muito perto ou longe de você. O que importa é que a sola inteira do pé esteja completamente apoiada no chão, para que você possa gerar força do chão para o resto do corpo.

Sob a barra

A posição sob a barra é diferente para cada corpo. É essencial que você fique embaixo da barra, onde seja fácil removê-la. Suas costas devem estar retas e você deve mantê-la o mais reto possível em todos os momentos. E o mais importante: por nada no mundo flexione o pescoço ou aplique tensão sobre ele.

Boa pegada

Pegue a barra com determinação e segurança, os braços devem estar retos e na mesma largura de seus ombros. A maior parte da barra deve estar na palma da sua mão, permitindo que seus dedos a envolvam completamente.

Se a barra for mais para os dedos do que para as palmas, é muito provável que os punhos se dobrem para trás, o que seria um tremendo erro.

Fazer supino sem problemas

Respirar é um fator que irá ajudá-lo a fazer o supino com sucesso. Depois de pegar a barra, retire-a e segure-a firmemente junto ao peito (os antebraços devem estar em um ângulo de 90 graus).

Agora respire e comece o movimento para cima, um truque para manter a estabilidade é pressionar os pés para baixo, como se estivesse tentando empurrar o chão.

Mulher fazendo supino no banco

Vale a pena tentar

O supino é um exercício exigente que requer muito esforço, no entanto, vale muito a pena. É por isso que ele é tão famoso em academias, então não tenha medo de levantar essa barra. Pelo contrário, vá e faça com toda a confiança do mundo.

Se você não tem certeza sobre começar a fazer supino, os seguintes benefícios farão você mudar de ideia:

  • Melhora a força de empuxo;
  • Dá uma aparência forte e firme aos peitorais e tríceps;
  • Promove a saúde dos ossos;
  • Ajuda a marcar o músculo serrátil anterior;
  • Excelente para hipertrofiar os músculos.

Além de tudo isso, você ficará muito bem em uma camiseta. Para aproveitar os benefícios, você deve seguir os passos para a execução adequada do supino. Além de se alimentar e hidratar-se bem, lembre-se de aquecer bem antes de fazer exercícios como este.

Pode interessar a você...
6 exercícios livres para fazer em casa e definir o peitoral
Fit People
Leia em Fit People
6 exercícios livres para fazer em casa e definir o peitoral

Embora pareça difícil, podemos fazer vários exercícios sem máquinas para definir o peitoral, algo que nos permite treinar esse músculo em casa.


Todas as fontes citadas foram minuciosamente revisadas por nossa equipe para garantir sua qualidade, confiabilidade, atualidade e validade. A bibliografia deste artigo foi considerada confiável e precisa academicamente ou cientificamente.


  • Chulvi Medrano, I., & Díaz Cantalejo, A. (2008). Eficacia Y Seguridad Del Press De Banca. Revisión. Revista Internacional de Medicina y Ciencias de La Actividad Fisica y Del Deporte8(32), 338–352.
  • Roberto, H.-R., Juan Manuel, G.-M., Fajardo Julio, T., Santana Francisco, O., Melián Francisca, V., & Marrero Ignacio, G. (2001). Actividad electromiográfica del músculo pectoral mayor en los movimientos de press de banca inclinado y declinado respecto al press de banca horizontal. Apunts. Medicina de l’Esport36(136), 15–22. https://doi.org/10.1016/S1886-6581(01)75989-0
  • J . Azael Herrero Alonso, D. G. L. (2002). FUERZA MÁXIMA ISOMÉTRICA EN PRESS DE BANCA. Psicología de La Actividad Física y El Deporte: Perspectiva Latina, (1990), 271–279.

Os conteúdos desta publicação foram escritos apenas para fins informativos. Em nenhum momento podem servir para facilitar ou substituir diagnósticos, tratamentos ou recomendações de um profissional. Consulte o seu especialista de confiança em caso de dúvida e peça a sua aprovação antes de iniciar qualquer procedimento.