O que são as vitaminas hidrossolúveis e lipossolúveis?

Vamos te ensinar a principal diferença entre as vitaminas hidrossolúveis e lipossolúveis e suas implicações na saúde do ser humano. Descubra a seguir!

Última atualização: 22 Fevereiro, 2021

A seguir convidamos você a conhecer mais sobre as vitaminas hidrossolúveis e lipossolúveis, quais são as suas principais diferenças e qual papel elas desempenham no organismo. Dessa forma, você poderá conhecer a importância de garantir o seu consumo de forma diária e as causas de um possível déficit.

As vitaminas fazem parte dos grupo dos micronutrientes. Elas são encontradas em pequenas quantidades nos alimentos, mas isso não quer dizer que sejam pouco importantes, muito pelo contrário. Esses elementos participam de várias reações fisiológicas essenciais para o funcionamento do corpo humano.

Vitaminas hidrossolúveis

São as que se dissolvem na água. São ingeridas diariamente através da alimentação e estão em uma grande variedade de alimentos. Desempenham funções diversas: podem desencadear reações, possuem propriedades antioxidantes e fazem parte do metabolismo dos nutrientes. São expelidas por meio da urina e é preciso garantir uma ingestão constante para evitar um déficit que comprometa a saúde.

Pertencem ao grupo das vitaminas hidrossolúveis as do complexo B e a vitamina C. Esta última tem uma grande importância no corpo humano, graças a uma capacidade de melhorar a resposta imunológica e sua participação na síntese do colágeno, como evidencia um estudo publicado na revista The American Journal of Clinical Nutrition.

O corpo não é capaz de garantir uma reserva de vitaminas hidrossolúveis. Uma carência contínua delas pode gerar problemas agudos na saúde, como o escorbuto, por exemplo. Por sorte, esses nutrientes são encontrados em muitos alimentos, principalmente naqueles de origem vegetal.

Vitaminas lipossolúveis

Por sua vez, as vitaminas lipossolúveis se dissolvem em gordura. Este tipo de nutriente pode se acumular no organismo. Assim, é produzida uma reserva que pode chegar a cobrir doses insuficientes durante um determinado período.

As vitaminas lipossolúveis também participam de funções chaves no corpo humano, muitas delas relacionadas com o controle da inflamação, o equilíbrio oxidativo e a função imunológica.

No grupo das vitaminas lipossolúveis estão as vitaminas A, D, E e K. A vitamina D se destaca dentre todas elas, já que se trata de um nutriente geralmente deficitário no organismo.

Essa vitamina pode ser sintetizada de maneira endógena através da exposição à luz solar. A sua ingestão através da alimentação costuma ser ineficiente. É encontrada nos peixes azuis, nos ovos e nos laticínios fortificados. Apesar disso, a sua assimilação não é exatamente ideal e se dá em pequenas quantidades.

De qualquer forma, a vitamina D participa de reações cruciais para a manutenção da saúde. Uma delas é o metabolismo ósseo, já que este nutriente pode incrementar a absorção intestinal do cálcio.

Além disso, existem evidências – como um estudo publicado pela revista The New England Journal of Medicine  – que relacionam os altos níveis de vitamina D com a redução do risco de desenvolver patologias graves, como o câncer.

Uma dieta variada para consumir vitaminas hidrossolúveis e lipossolúveis

Um dos princípios básicos de qualquer dieta é a variedade dos alimentos consumidos. Isso permite manter um consumo ideal de vitaminas, tanto hidrossolúveis como lipossolúveis.

Mesmo nestas condições ideais, podem existir situações de déficit devido a um possível aumento das necessidades. Por esse motivo, existem suplementos vitamínicos voltados a satisfazer as necessidades nutricionais.

Além disso, recomenda-se a exposição frequente à luz solar para evitar níveis baixos de vitamina D, uma situação que se relaciona com o risco de desenvolver patologias graves. Consulte o seu médico sobre a necessidade de incluir um suplemento desse nutriente na sua dieta.

Vitaminas de todo tipo, nutrientes essenciais

Como você pode ver, as vitaminas hidrossolúveis e lipossolúveis são nutrientes necessários para assegurar o correto funcionamento do organismo. Elas se diferenciam pela maneira como se dissolvem e são transportadas, mas todas são imprescindíveis.

Apesar da importância de ambas, só existem reservas das lipossolúveis no corpo humano. Por esse motivo, o corpo consegue lidar com uma falta de vitaminas temporária na dieta.

Para garantir que as necessidades mínimas sejam atendidas, é necessário planejar uma dieta variada na qual sejam encontrados alimentos procedentes a todos os grupos. Mesmo nessa situação, a suplementação pontual com algum nutrientes poderia ser necessária para atender a uma situação de necessidades aumentadas.

Pode interessar a você...
Fit PeopleLeia em Fit People
Por que as vitaminas são tão importantes na dieta?

Até o momento, não há evidências de que o uso crônico de multivitamínicos tenha efeitos benéficos na saúde. No entanto, as vitaminas são importantes.



  • Shaw G., Lee Barthel A., Ross ML, Wang B., et al., vitamin C enriched gelatin supplementation before intermittent activity augments collagen synthesis. Am J Clin Nutr, 2017. 105 (1): 136-143.
  • Manson JE., Cook NR., Lee IM., Christen W., et al., Vitamin D supplements and prevention of cancer and cardiovascular disease. N Engl J Med, 2019. 380 (1): 33-44.