Punção seca: tudo o que você precisa saber

Não tenha medo se o seu fisioterapeuta sugerir algumas agulhadas para aliviar as dores musculares. Nas mãos de um profissional, esta é uma técnica totalmente segura.
Punção seca: tudo o que você precisa saber

Última atualização: 04 Junho, 2021

Geralmente, ir ao fisioterapeuta não é associado a ser picado com agulhas. No entanto, a punção seca está se tornando cada vez mais na moda graças aos seus bons resultados. Nas mãos de um profissional, os perigos são praticamente nulos.

O que é uma punção seca?

A punção seca é baseada no uso de agulhas de acupuntura para aliviar a dor miofascial do paciente. Isso significa que se uma parte do seu corpo dói e os testes do terapeuta indicarem que pode haver um problema no nível muscular, a punção seca será indicada.

Nesse caso, ele pegará uma agulha e começará a furar o músculo a partir de diferentes ângulos, procurando uma resposta. Quando o músculo se contrair várias vezes, a agulha será removida e o tratamento termina.

Dois tipos de agulha serão utilizados dependendo do músculo que requer o tratamento. Assim, pode haver uma punção superficial ou profunda. A punção superficial é realizada quando o músculo a ser tratado tem 1 centímetro ou menos de profundidade. Caso o músculo afetado seja mais profundo, sua estimulação exigirá uma agulha mais longa.

A punção seca é um método perigoso?

Um fisioterapeuta adequadamente treinado saberá exatamente quais precauções devem ser tomadas ao realizar um tratamento de punção seca. Portanto, nas mãos de um profissional, não há nada a temer.

As complicações mais graves que podem ocorrer com esse tipo de técnica têm a ver com a localização do músculo. Ou seja, se estiver logo acima do pulmão, tenha cuidado com uma perfuração profunda.

Agulhas de acupuntura são usadas para punção seca.

Da mesma forma, se estivermos tratando a parte superior do ombro, deve-se tomar cuidado para não inclinar a agulha em direção ao pescoço para evitar danificar as estruturas existentes nessa região. O ideal é que um fisioterapeuta tenha esses detalhes muito claros durante a prática do procedimento.

Deve-se mencionar novamente que são usadas agulhas de acupuntura. Isso significa que o diâmetro das agulhas é de cerca de 0,25 milímetros; tente imaginar a espessura de um quarto de milímetro.

Por esse motivo, elas não lembram em nada as agulhas que os médicos usam para vacinas ou para coleta de sangue, que precisam de um diâmetro muito maior para injetar ou remover os fluidos em questão.

Isso é importante para entender duas coisas: por um lado, uma agulha de 0,25 mm é praticamente incapaz de danificar outro tipo de tecido, como um nervo ou veia. Os tecidos não apenas tendem a se desviar do caminho da agulha, mas a própria agulha também é muito flexível.

Portanto, se a agulha encontrar uma estrutura mais rígida, ela cederá e sua trajetória se desviará antes de causar danos. Como alternativa, o fisioterapeuta pode perceber que o progresso da agulha parou e alterar o ângulo de entrada.

O procedimento causa dor?

A dor causada por esse procedimento é praticamente nula. Você pode não notar nada ou sentir cócegas, no máximo, mas a penetração de uma agulha tão fina não deve causar dor.

Agora, quando se trata de estimular o músculo, você notará como ele se contrai involuntariamente, o que pode causar um pouco de desconforto. No final da terapia, a dor muscular residual pode permanecer enquanto você se recupera.

Sendo assim, o que dói não é a agulha ou sua introdução. Entretanto, podemos sentir desconforto enquanto o músculo cicatriza.

Indicações da punção seca

O objetivo da punção seca é remover os chamados pontos-gatilho ativos ou latentes do paciente. Em outras palavras, ela é usada para o que chamaríamos de contraturas.

São pontos específicos do músculo que produzem dor à palpação e acabam impedindo o desempenho correto da função muscular.

A punção seca é feita no mesmo ponto, enrolando as fibras musculares na agulha e estimulando o músculo para que as fibras afetadas sejam relaxadas. Esse relaxamento será acompanhado por um suprimento maior de sangue para a área, que levará os componentes curativos do sangue para o músculo e o pontos-gatilho desaparecerão.

Finalmente, as poucas contra-indicações dessa técnica são os casos em que o paciente tem medo de agulhas, alergia a metais ou problemas de coagulação. Será necessário ter cuidado com as mulheres grávidas e evitar perfurar áreas com feridas ou manchas.

Pode interessar a você...
Dor cervical: confira três dicas para tratá-la
Fit People
Leia em Fit People
Dor cervical: confira três dicas para tratá-la

A dor cervical geralmente é causada por sobrecargas ou contraturas, normalmente associadas a passar muitas horas diante de um computador.



  • García M., Climent J., Marimón V., Garrido A., Pastor G. y López C. Estudio comparativo de dos técnicas de infiltración miofascial en puntos gatillo: punción seca e inyección de anestésico local. Rehabilitación. Vol 40, Issue 4, 2006 (188-192)
  • Oliván B., Pérez S., Gaspar E., Romo L., Serrano B., de la Torre M., García R., Sanz C. Efectividad de la punción seca en los puntos gatillo miofasciales en la lumbalgia crónica. Fisioterapia. Vol 29, Issue 6 2007 (270-277)
  • Llamas R. Efectividad del tratamiento con punción seca profunda frente a un protocolo de fisioterapia manual en el músculo trapecio superior. Tesis doctoral. Universidad de Alcalá, 2015.