Benefícios da dança do ventre como atividade física

A dança oriental está se tornando cada vez mais popular em muitas academias, por isso é interessante saber quais são os seus benefícios. Vamos falar sobre isso neste artigo.
Benefícios da dança do ventre como atividade física

Última atualização: 18 novembro, 2019

A dança do ventre, também conhecida como dança oriental, é uma das melhores atividades físicas para a mente e para o corpo. De fato, essa dança igualmente sensual e feminina proporciona vantagens incríveis que muitas pessoas não conhecem.

Por isso, vamos te contar quais são os benefícios da dança oriental como atividade física. Tome nota!

A dança oriental nasceu no Egito no século X, embora atualmente haja muitas variações e estilos dessa dança tão popular. De um modo geral, essa dança é caracterizada pela dissociação entre as partes do corpo, que podem se mover de forma independente.

Cada vez mais academias estão incluindo aulas de dança do ventre para todos os níveis entre as suas atividades. Isso não deveria ser nenhuma surpresa, já que a dança oriental não se limita aos movimentos da pelve.

Graças à coordenação dos movimentos, ela permite que todos os músculos do corpo sejam trabalhados, com uma ênfase especial nos abdominais, nas costas e nos ombros.

Dança do ventre: um meio para expressar emoções

A dança oriental é um meio usado para expressar as emoções e as sensações profundas que estão dentro da alma de cada um. Atualmente, existem muitos estilos e variações que derivam dessa dança tradicional. Como dissemos, quase todos se caracterizam pelo controle de todas as partes do corpo de forma independente.

Alguns dos movimentos executados exigem uma extrema flexibilidade das costas, porém o mais o importante é a contração muscular. Uma das suas maiores vantagens é que essa dança pode ser praticada em qualquer idade, de acordo com os limites de cada atleta.

De qualquer forma, a dança oriental é uma excelente atividade física para queimar calorias. Entre outros benefícios, ela melhora a silhueta, ajuda a exercitar todos os músculos e também a ganhar flexibilidade.

Os benefícios da dança oriental como atividade física

Benefícios da dança do ventre como esporte

Para que você possa saber mais sobre os pontos fortes dessa atividade, a seguir vamos apresentar uma lista com os seus benefícios. Descubra abaixo!

1. Melhora a silhueta

Se você quer entrar em forma, há poucas atividades melhores do que a dança oriental. Se o treinamento for acompanhado por uma dieta equilibrada e praticado regularmente, ela garante o emagrecimento e a melhora da silhueta.

De fato, é uma atividade exaustiva e as repetidas demandas musculares desenvolvem uma resistência que também ajuda na vida cotidiana.

Não tenha dúvida de que uma grande parte das posturas permite que os músculos sejam trabalhados da melhor maneira possível, tanto os abdominais quantos as costas, as coxas ou os glúteos.

Como já dissemos antes, essa atividade se baseia em um sistema de isolamento que nos força a controlar cada parte do corpo para ter movimentos precisos.

2. Estimula a coordenação

É necessário ter coordenação para sincronizar o corpo e todos os movimentos. A dança exige a movimentação de todas as partes do corpo e uma das dificuldades mais importantes é conseguir coordená-las.

Apesar disso, você não deve se desesperar porque, mesmo que nem todas as pessoas nasçam com a habilidade para coordenar os movimentos, com a prática qualquer um pode chegar lá. Por isso, a prática é um elemento essencial para progredir nessa atividade e, assim, obter uma maior coordenação.

3. Mantém o estresse afastado

Graças à dança oriental, é possível controlar o estresse, assim como acontece com muitos outros exercícios físicos. Da mesma forma que qualquer outro esporte, é uma excelente atividade para se divertir e se esquecer dos problemas da vida cotidiana.

A música usada para os exercícios em grupo é cativante. Assim, além de garantir os benefícios físicos, você também terá momentos de muita diversão!

a dança oriental como atividade física

4. Aumenta a autoestima

Finalmente, a dança oriental também pode ser uma terapia através da dança, que gera bem-estar e promove a autoconfiança.

Esta é uma atividade física que permite que você se conscientize do seu corpo e acredite nas suas próprias habilidades. A sensação de bem-estar e confiança aumentará automaticamente quando você começar a adquirir a técnica!

Antes de concluir, vale lembrar que a técnica da dança oriental é muito mais complexa do que pode parecer e que as suas virtudes, assim como você pôde ver, são numerosas.

Se você quer praticar essa dança clássica, você deve saber que existem muitas academias onde ela está incluída entre as aulas em grupo. Talvez tenha chegado a hora de experimentá-la. Que tal começar?

Pode interessar a você...
Conecte corpo e alma com a dança contemporânea
Fit People
Leia em Fit People
Conecte corpo e alma com a dança contemporânea

A dança contemporânea é um gênero de dança que explora os sentimentos mais profundos e os transforma em arte através do corpo.



    • Stange, M., Oyster, C., Sloan, J., & Corey, A. M. (2013). Belly Dance. In The Multimedia Encyclopedia of Women in Today’s World Encyclopedia of Women in Today’s World. SAGE Publications, Inc. https://doi.org/10.4135/9781452270388.n43
    • Capriles, C. (2016). Reflexiones sobre el cuerpo femenino y la danza: Bailando desde las entrañas. Reflections on the female body and dance: Dancing from the bowels. Revista Internacional de Filosofía, 5, 225–232. https://doi.org/10.6018/daimon/270151
    • Tiggemann, M., Coutts, E., & Clark, L. (2014). Belly Dance as an Embodying Activity?: A Test of the Embodiment Model of Positive Body Image. Sex Roles, 71(5–8), 197–207. https://doi.org/10.1007/s11199-014-0408-2