O que é a diatermia na fisioterapia?

A diatermia é uma maneira de aplicar calor nos tecidos-alvo. Conheça as suas possíveis aplicações.
O que é a diatermia na fisioterapia?

Última atualização: 05 Maio, 2021

Se você consultar uma fisioterapeuta por causa de um desconforto específico, é possível que ele te fale sobre a diatermia. Ao invés de te assustar por ser uma palavra desconhecida, a diatermia deveria ser algo reconfortante, pois consiste em uma aplicação curta e agradável. Mas… o que ela é, como ela funciona e para que ela serve?

A diatermia

A diatermia consiste no aquecimento dos tecidos do corpo através de um campo elétrico ou magnético. Ou seja, é uma das opções dentro da termoterapia. De fato, devido à sua natureza, a diatermia é incluída nas técnicas de eletroterapia.

Portanto, um tratamento com diatermia consistirá na aplicação de uma sensação de calor ao paciente durante diferentes períodos de tempo e com uma intensidade variável, dependendo da patologia. O uso da diatermia não tem uma longa história, portanto, não há um grande número de artigos científicos que demonstrem a sua utilidade.

No entanto, dados os benefícios conhecidos da termoterapia, conforme outros estudos forem surgindo, o mais lógico é que a sua utilidade continue a ser confirmada – assim como já é feito pelos poucos estudos existentes .

Como ela funciona?

De acordo com o efeito desejado, de calor superficial ou profundo, a diatermia pode ser aplicada de diferentes maneiras. Assim, seja com duas placas, com um cabeçote ou com um indutor, o papel da máquina será o de enviar impulsos com o objetivo de estimular os tecidos-alvo.

a diatermia na fisioterapia

Esse calor proporciona um aumento da circulação sanguínea na área tratada, bem como uma sensação de relaxamento e uma diminuição da inflamação. Esses três componentes clássicos da termoterapia são muito úteis para o tratamento de diversas lesões e são a razão pela qual essas técnicas são usadas com tanta frequência.

Dependendo dos parâmetros usados ​​na aplicação da diatermia, podemos diferenciá-la entre diatermia por ultrassom, por ondas curtas, por micro-ondas ou por radiofrequência. Tudo depende se o profissional procura uma aplicação mais intensa e mais curta ou uma aplicação prolongada e relaxante.

Usos da diatermia

Uma vez que a diatermia é simplesmente uma maneira de fornecer um efeito de calor sobre certos tecidos, este é um procedimento que tem muitas aplicações:

  • Sobre os músculos, ela é usada para tratar contraturas e pontos-gatilho, ou para acelerar o processo de recuperação após uma distensão.
  • Nos tendões, para tratar a tendinite ou para ajudar na recuperação de outras lesões específicas.
  • Nos ligamentos, para tratar entorses.
  • Para tratar problemas neurológicos, tais como neuralgia, dor ciática, etc.
  • Nas articulações, para tratar a capsulite, patologias como artrite ou artrose e até mesmo nos processos reumáticos.
a diatermia na fisioterapia

Imagem: eFisioterapia.

  • Ajudar o sistema circulatório e tratar as patologias que cursam com inflamação. Também promoverá a reabsorção de edemas.
  • Auxiliar no processo de cicatrização. Tanto para acelerá-lo quanto para garantir uma boa mobilidade do tecido cicatricial.

Quanto às contraindicações para a diatermia, elas serão semelhantes às da termoterapia em geral. As únicas situações em que a diatermia deve ser aplicada com cautela serão quando o paciente usar um marca-passo, caso se trate de uma mulher grávida ou caso seja um paciente com um tumor ou processo infeccioso.

Finalmente, não é recomendável aplicar esta técnica se o paciente estiver tomando medicação anticoagulante ou for hemofílico.

Em resumo, se você vai fazer sessões de diatermia, você pode respirar tranquilo. Sente-se confortavelmente e desfrute enquanto o calor e a consequente aceleração do seu metabolismo fazem o resto.

Pode interessar a você...
Dor nas costas: como identificá-la e preveni-la
Fit PeopleLeia em Fit People
Dor nas costas: como identificá-la e preveni-la

A dor nas costas pode ter várias causas, além de diferentes graus de intensidade. Em determinados caso, consultar um médico é extremamente necessár...



  • González Roig J; Martínez Sánchez H; López Trasobares E; Carmenaty Baglans I; Delgado Ramírez M. Estudio comparativo entre la acupuntura, el láser y la diatermia, en el tratamiento del dolor lumbosacro crónico / Comparative study among acupunture, laser and diathermy in the treatment of chronic sacrolumbar pain. Rev. cuba. ortop. traumatol;4(2):67-77. 1990.
  • Cruz Ornetta V. Evaluación de campos electromagnéticos de la diatermia terapeútica por microondas en el Perú. Paradigmas. Vol. 3 Núm. 1. 2011.
  • Alba G, Coronados V, Cisneros P, Ortiz R, Rodríguez R, Peraza M, Violt G. Protocolo de actuación con el sistema de descompresión espinal y diatermia en pacientes con lumbalgia mecánica. Rev Cub de Med Fis y Rehab 2018; 10 (1).